Lucélio critica perseguições políticas e diz que vai governar para o povo

 

Lucélio Cartaxo, candidato ao governo do Estado pela Coligação Força da Esperança, esteve na cidade de Salgadinho, na noite desta quarta-feira (26). Cercado por centenas de paraibanos, Lucélio disse que sua gestão vai acabar com as perseguições políticas, porque terá as melhorias de vida da população como principal meta administrativa do Estado.

“Não queremos saber se um prefeito é de um partido ou outro. A partir de janeiro de 2019, nosso foco será melhorar a vida da população do Litoral ao Sertão, que hoje cobra um governo mais próximo e com investimentos em áreas prioritárias, como segurança, saúde e educação. Uma cidade é sua população, não seu prefeito. Quem deixa de investir num município por discordar da bandeira partidária do gestor, está deixando de investir nas pessoas, não no prefeito”, disse Lucélio Cartaxo.

O prefeito de Salgadinho, Marcos Alves, disse que a Paraíba precisa de uma nova dinâmica na gestão estadual. “Pedimos a Lucélio que, quando governador, não enxergue as cidades pelos seus prefeitos. Enxergue principalmente as pessoas. O povo de Salgadinho e região deseja um futuro melhor, sem perseguição. Queremos um governador que não retire investimentos dos municípios somente porque o prefeito tem um posicionamento político diferente do seu. É por acreditar em mais esperança para a Paraíba, que estamos com Lucélio”, disse.

O candidato do PV destacou que muitas cidades ainda sofrem fragilidades decorrentes do descaso do Estado com os municípios. “Não dá para concentrar investimentos somente em João Pessoa e Campina Grande. Precisamos regionalizar a administração pública estadual, ampliando a rede de UPAs, por exemplo, que hoje é deficitária quando pensamos em toda Paraíba. Vamos também fortalecer e dar condições de funcionamento aos hospitais regionais, que trazem independência e qualidade de vida à população, mas hoje não conseguem realizar sequer cirurgias eletivas”.

Lucélio Cartaxo garantiu também que sua gestão terá a segurança pública como uma das principais metas de governo. “Nós temos nesse pleito ao Governo do Estado um candidato que foi governador por quase 10 anos e não resolveu o problema da crescente insegurança. Outro, representa um governo que está aí há 8 anos no poder, mas ao invés de reconhecer e tomar medidas que dêem mais tranquilidade aos paraibanos, continua dizendo que a segurança nunca foi tão boa quanto agora, enquanto a população vive em casa, trancada e com medo. Nossa gestão vai melhorar isto: sentando, reconhecendo o problema e traçando estratégias que o resolva”, disse.

Lucélio destacou ações efetivas que melhorem a segurança no Estado. “Não dá para melhorar se não se reconhece o problema, por isso iremos fazer concurso público para acabar com o déficit de policiais, já que hoje existem cidades que têm menos policiais que a Granja Santana, residência do governador. Vamos investir em tecnologia de vídeomonitoramento, ajudando na fiscalização e resolução de crimes, mas precisamos também garantir políticas preventivas, dando saúde e educação de qualidade, além de gerar oportunidades de emprego e renda para que a criminalidade não seja atrativa para nossa juventude”, disse.

você pode gostar também Mais do autor