Black Friday: Procon-JP dá dicas e alertas ao consumidor por meio de 20 outdoors espalhados pela Capital

A partir desta segunda-feira (25), vinte outdoors estarão espalhados em pontos estratégicos de João Pessoa dando dicas e alertas para compra segura durante o Black Friday, uma ação educativa e preventiva da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP).  Desde o início deste mês que o Procon-JP está realizando uma forte campanha de orientação  dirigida ao consumidor através da divulgação da legislação consumerista.

Para o secretário Helton Renê, o Procon-JP tem a obrigação de fazer campanhas de esclarecimentos ao consumidor devido à proporção da mega promoção.  “A verdade é que o comércio, tanto lojas físicas quanto virtuais, já estão oferecendo descontos nos preços usando o tema Black Friday. Por isso também antecipamos nossas ações educativas, inclusive utilizando outdoors, que chama muito a atenção das pessoas”.

Os outdoors estão em locais próximos a grandes redes de supermercados e de lojas, shoppings centers e estabelecimentos de material de construção e artigos diversos para a casa, contemplando 13 bairros da Capital. Helton Renê salienta que o importante é chamar a atenção do consumidor para que ele tenha realmente a chance de adquirir algo há muito desejado por um preço que caiba no seu orçamento. “Queremos que a promoção atinja seu objetivo, que é de oferecer preços realmente promocionais”.

Planejamento – Helton Renê diz que o Procon-JP também já está monitorando os preços de centenas de itens (os mais procurados na promoção) há duas semanas, com equipes dos setores de pesquisa e fiscalização visitando as lojas físicas e acompanhando os preços nos sites de compra. “O trabalho vem sendo feito desde o início de novembro para termos uma base para o dia 29, data oficial do Black Friday”.

Todo cuidado é pouco – O objetivo das campanhas educativas e preventivas é inibir possíveis irregularidades antes e durante a grande promoção. “Nossa preocupação é quanto à publicidade enganosa e a maquiagem nos preços. Já soltamos material sobre isso, inclusive com dicas e alertas para o consumidor ficar de olho. Nesses tempos de grande consumo, todo cuidado é pouco”, aconselha.

Denuncie – Quem se sentir prejudicado deve procurar o Procon-JP através dos telefones 0800 083 2015, 3214-3040 ou ir até à sede, na avenida Pedro I, 473, Tambiá, ou, ainda, nos postos de atendimento instalados no Ministério Público Estadual no Parque da Lagoa, ou no posto avançado do anexo da Faculdade Uninassau, na avenida Amazonas, no Bairro dos Estados.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.