Denúncia de desvios de merenda e materiais escolar chegam ao Ministério Público

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) abriu um Inquérito Público Civil para investigar uma denúncia de desvio de merenda escola e de material de limpeza em uma escola pública de Patos, no Sertão paraibano. Na investigação são apontados os nomes de cinco servidores da escola.

O caso está sendo investigado na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Doutor Dionísio da Costa. Segundo a promotoria, a denúncia foi feita em uma delação anônima. São citados os nomes dos servidores que supostamente teriam envolvimento nos desvios.

Entre os investigados estão um gestor, uma subgestora, uma secretária escolar, uma coordenadora pedagógica e uma técnica administrativa.

De acordo com o documento expedido pela promotora de Justiça Marina Neves Pedrosa Bezerra, conforme os autos, “os investigados, aproveitando-se dos cargos públicos ocupados, têm promovido desvios de merendas e materiais de limpeza, em benefícios próprios”.

O Ministério Público destacou que as práticas, sendo comprovadas, pode ser configuradas como ato de improbidade administrativa. A promotoria também deve realizar visitas na escola. Após notificação, os investigados terão o prazo de 15 dias para apresentar defesa. G1 Paraíba

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.