Corte de verbas: radares das rodovias federais da Paraíba são desligados

Os 32 radares de fiscalização eletrônica das rodovias federais que cruzam a Paraíba foram desligados devido a cortes orçamentários, segundo informou o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), nesta segunda-feira (18). Ainda de acordo com o órgão, as 43 lombadas eletrônicas continuam funcionando normalmente.

Segundo o Dnit, o desligamento foi necessário diante do cancelamento de créditos orçamentários destinados à operação e manutenção dos equipamentos de fiscalização eletrônica. O cancelamento foi resultado do Projeto de Lei proposto do Ministério do Planejamento, prevendo cortes em recursos orçamentários.

A decisão foi tomada com base na responsabilidade fiscal, apenas para os pardais. As lombadas eletrônicas “continuam com seu funcionamento normal, por ser um equipamento de fiscalização que proporciona ostensivamente a segurança no trânsito, se concentrando nas travessias urbanas, próximas a hospitais, escolas, cruzamentos, retornos, entre outros”.

O Dnit ainda explicou que um crédito suplementar de R$ 50 milhões foi aprovado para o órgão nacionalmente, na semana passada. dessa verba, o Dnit pretende reservar uma parte para viabilizar a reativação dos radares desligados.

As empresas responsáveis pela operação e manutenção desses aparelhos já foram contatadas sobre a possibilidade da continuidade da prestação dos serviços, e o Dnit aguarda a resposta dessas empresas e o comunicado oficial da Diretoria do órgão para iniciar a reativação desses equipamentos. Fonte G1.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.