Temendo que João Pessoa perca centenas de emprego, Ricardo chama cartaxo para reunião

O governador Ricardo Coutinho (PSB) anunciou, há pouco, que se reunirá na próxima quinta-feira (14) com representantes do grupo Ferreira Costa para tenta impedir que a empresa pernambucana desista de instalar um home center na capital paraibana.

Ricardo adiantou que também vai convidar para reunião o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), e representantes do Ministério Público Estadual da Paraíba (MPPB) e da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL).

O governador disse que quer saber as razões que levaram a PMJP a não conceder as licenças necessárias para a construção do empreendimento em João Pessoa.

“A Paraíba não pode perder esse empreendimento. São mais de 500 empregos e precisamos saber quais as razoes para não terem recebido licença. Precisamos construir caminhos para assegurar esse investimento”, observou.

Ricardo governador lembrou que a vinda da Ferreira Costa para João Pessoa foi uma conquista do Governo do Estado, que recebeu em Palácio os responsáveis pela empresa e os estimulou a se instalar na capital paraibana.

Entenda o caso

No final de novembro, a construção da filial do Home Center Ferreira Costa em João Pessoa foi paralisada depois que a Prefeitura da Capital decidiu cassar as licenças anteriormente concedidas.

De acordo com informações reveladas pela imprensa, a decisão de embargar a obra teria sido tomada pela prefeitura a pedido do Aeroclube de João Pessoa, sob a alegação de que a construção do empreendimento colocaria em risco a decolagem e pouso de aeronaves. Fonte Paraíba Já.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.