26 C
João Pessoa
28/02/2021
Início Destaque PMJP vai reforçar medidas de isolamento e deve implantar toque de recolher,...

PMJP vai reforçar medidas de isolamento e deve implantar toque de recolher, fechar orla e replanejar funcionamento da economia

A cidade de João Pessoa entra, a partir desta terça-feira (23), em um estágio de medidas mais rígidas para o enfrentamento da covid-19. O anúncio foi feito pelo prefeito Cícero Lucena e pelo governador do Estado, João Azevêdo, durante coletiva na manhã desta segunda-feira (22), no Palácio da Redenção. Entre as medidas que devem integrar os novos decretos estão o fechamento da orla marítima, a implantação de toque de recolher noturno e o novo horário de serviço de diversos setores da economia.

“Estamos atentos à evolução dos números e à capacidade da rede de saúde para realizar este atendimento. Por isso, estamos unidos ao Governo do Estado, convergindo em diversos entendimentos que serão colocados em prática para evitar o crescimento do número de casos e salvar vidas. Para isso, precisaremos da compreensão e da adesão de cada um”, declarou o prefeito Cícero Lucena.

O governador João Azevedo afirmou que as equipes das esferas municipal e estadual se reuniram com o objetivo de discutir as medidas necessárias. “Trata-se de um momento difícil, números crescentes de óbitos e de ocupação hospitalar, o que põe em risco o atendimento à população. Vamos consolidar um decreto que será publicado amanhã, no qual medidas protetivas serão adotadas. Queremos um documento que traga um choque e que gere reflexo nos números”, explicou.

Estrutura da rede – Entre as medidas anunciadas pela gestão municipal está o reforço da rede de atendimento aos pacientes com covid-19. A Prefeitura vai ampliar a infraestrutura hospitalar, o número de leitos de UTI e de enfermaria, o que deve acontecer nos hospitais Santa Isabel e Prontovida e nas UPAs, que voltam a ser fechadas para o atendimento da covid-19. “Também contratamos cinco usinas de produção de oxigênio, que serão instaladas nas unidades municipais, de forma a evitar um colapso nos moldes do de Manaus”, acrescentou Cícero Lucena.

Toque de recolher – A cidade ainda deve passar ao estágio de recolhimento domiciliar obrigatório, iniciado diariamente às 22h. Os detalhes da medida ainda serão discutidos e vão estar explicados no novo decreto, que deve ser publicado nesta terça-feira (23). Para a fiscalização, o prefeito Cícero Lucena explicou que haverá operação conjunta com o Governo do Estado, de forma a ampliar capacidade de vigilância.

A orla da Capital também deverá ser totalmente fechada. De acordo com o prefeito, essa é uma medida de extrema importância pela comprovação das aglomerações. “Temos a percepção clara de que o enfrentamento da covid passa pelo isolamento, e iremos exercer todos os esforços necessários para evitar”, reforçou.

Retorno das aulas – Sobre a volta às aulas, o prefeito explicou que o entendimento interno é de que as aulas possam aguardar um período de avaliação. “No que se refere às escolas particulares, ainda estamos discutindo. Vamos ouvir o setor e os especialistas em busca de decisão convergente e que preserve a vida”, explicou o gestor.

Transporte – Para evitar aglomerações, Cícero ainda determinou a ampliação do serviço de transporte coletivo urbano. Há 21 novos veículos nas ruas a partir desta segunda. “Lugar de ônibus não é na garagem, mas, nas ruas, transportando a população para reduzir aglomerações”, defendeu. Além disso, haverá medidas complementares, como um planejamento junto aos setores da economia para que haja diferença no horário de liberação dos trabalhadores, reduzindo a procura pelo transporte em horários de pico.

Estado – Outras medidas a serem adotadas, conforme adiantou o governador João Azevedo, são a proibição de eventos, shows e cultos religiosos. “Será um decreto com prazo de 15 dias para termos um reflexo dos resultados. Nossas equipes técnicas estão discutindo os detalhes para que possamos alcançar o objetivo de evitar os excessos que estão sendo cometidos”, afirmou.

Fábio Augusto
Fábio Augustohttps://pautapb.com.br
Formado pela Universidade Federal da Paraíba em Comunicação Social, atua desde 2007 no jornalismo político. Passou pelas TVs Arapuan, Correio e Miramar, Rede Paraíba de Comunicação (101 FM), pelas Rádios 101 FM, Miramar FM, Sucesso FM, Campina FM e Arapuan FM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

Famup defende volta do auxílio emergencial, mas não concorda que dinheiro seja retirado da educação

A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) defendeu junto a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) a volta do pagamento do auxílio emergencial...

OS LIMITES DO EMPRÉSTIMO CONSIGNADO – Detalha Raissa Helena em seu novo artigo

Analisando a cadeia hereditária, todo mundo quer arrumar um jeito de se livrar da situação precária, em que o rico cada vez fica mais...

Em decorrência do aumento dos casos de Covid-19, HU de João Pessoa suspende atendimento ambulatorial

NOTA OFICIAL   Considerando o agravamento da crise de saúde pública enfrentada pelo Brasil, e notadamente pela Paraíba, devido à pandemia de covid-19 — com...

Governador João Azevêdo anuncia concurso com 1.400 vagas para a Polícia Civil

O governador João Azevêdo anunciou, nesta sexta-feira (26), a realização de concurso que vai ofertar 1.400 vagas para a Polícia Civil. O concurso visa...