Aulas online do programa João Pessoa Vida Saudável são opções de atividades físicas em casa

O Programa João Pessoa Vida Saudável (JPVS), da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), garante a assistência em saúde com orientações nutricionais e promove a prática da atividade física, com aulas virtuais e atividades diárias no Instagram @jpvs_jp, nos horários das 7h30 e das 17h. A Prefeitura Municipal de João Pessoa liberou as atividades físicas individuais na calçada da orla e nas praças – sem o uso de equipamentos e sem aglomeração, mas as aulas pela internet são uma opção para quem quer permanecer dentro de casa, como prevenção à covid-19.

De acordo com a coordenadora do João Pessoa Vida Saudável (JPVS), Ellen Correia, a prática regular da atividade física associada a uma alimentação saudável faz com que a pessoa desenvolva uma melhor qualidade de vida, auxiliando inclusive na saúde mental das pessoas.

“Quem tem o hábito de se exercitar, sente no dia-a-dia os benefícios da atividade física, que vão além da mobilização de gordura corporal e controle do peso, pois ajudam a regular as taxas bioquímicas como o colesterol, a glicose e os triglicerídeos. São essas taxas que influenciam para o desenvolvimento de doenças crônicas como hipertensão arterial, doenças coronarianas, AVC, depressão, alguns tipos de câncer, problemas osteoarticulares, entre outros”, explica a educadora física.

Ellen Correia destaca que a maioria das pessoas que participavam das aulas presenciais do programa João Pessoa Vida Saudável se enquadra em situação de risco. “São pessoas idosas e que têm alguma comorbidade, a exemplo de hipertensão e diabetes, portanto, essas aulas, agora online, garantem a segurança em saúde deles e contribuem inclusive com a saúde mental, pois é um momento de interação e integração com os professores e outros colegas de atividades”, completou ela.

João Pessoa Vida Saudável – O programa tem como objetivo incentivar hábitos saudáveis, a prática de atividades esportivas e desenvolver ações preventivas para a saúde. Antes da pandemia do coronavírus, mais de 5.000 pessoas participavam do projeto, que ocorria em 23 praças e em espaços públicos, como Unidades de Saúde da Família (USF) e escolas, totalizando 39 polos do projeto em toda a capital pessoense. As aulas presenciais seguem suspensas.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.