Romero espera colapso do sistema de saúde em Campina, para fechar o comércio na cidade ; assista

Ontem (15), Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público da Paraíba (MPPB) e Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) emitiram recomendação contra a decisão do prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSD), de reabrir as atividades do comércio na cidade na próxima segunda-feira (20), neste momento crítico da pandemia do coronavírus no mundo e no Brasil. Porém o prefeito em entrevista nesta quinta-feira (16), disse que vai esperar o colapso do sistema de saúde para determinar a volta do fechamento do comércio.

“Queremos apresentar uma proposta mais restritiva e quando atingir o percentual de ocupação de leitos, a gente volta a fechar”, disse Romero há pouco em entrevista a uma emissora de Campina Grande, assista: https://youtu.be/ojRE5Wj96GQ

O prefeito, porém, parece ignorar dados oficiais que mostram que o Nordeste concentra estados com taxa de letalidade acima da média nacional e números podem aumentar com relaxamento do isolamento social, afirmou nesta quinta-feira, matéria do jornal o Globo. Fora do epicentro do coronavírus no Brasil, a região Nordeste concentra números que trazem preocupação para especialistas em saúde pública: estados com taxa de letalidade acima da média nacional. Isso se deve ao fato do não cumprimento de medidas de isolamento social imposta pelos governadores da região, além de deficiências nos sistemas de saúde, especificidades etárias e a baixa testagem nos casos suspeitos. Veja: https://oglobo.globo.com/sociedade/coronavirus/nordeste-concentra-estados-com-taxa-de-letalidade-por-coronavirus-acima-da-media-nacional-1-24374786

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.