Conforme articulado, Berg Lima consegue manter os 7 votos e se livra momentaneamente da cassação do mandato

Com o placar previsto desde o início da sessão, o prefeito de Bayeux Berg Lima conseguiu se livrar de mais um pedido de cassação. O placar foi 10 votos pela cassação e 7 para o arquivamento da denúncia.

Depois de quase 15 horas de sessão, os 7 vereadores que defendem a gestão de Berg mantiveram seus votos e livraram o prefeito que é ex-presidiário na cadeira de prefeito de Bayeux.

Berg Lima era acusado, nesse processo, de pagar adicional noturno a guardas municipais que trabalhavam durante o dia.

Mais processos de cassação

O prefeito foi alvo de pedido de cassação por compra de cones com dispensa de licitação e suspeita sobre o valor da aquisição, além de ser denunciado por suposto pagamento ilegal envolvendo a coleta de lixo. Esses dois pedidos de cassação devem entrar em pauta nos próximos dias.

Veja como os vereadores votaram

A favor da cassação

Inaldo Andrade
Roni Alencar
Noquinha
Betinho da RS
Josauro Pereira
Netinho
Lico
Ze baixinho
Kita
Luciene de Fofinho

Contra a cassação

Adriano Martins
Cabo Ruben
Uedson orelha
Dedeta
França
Guedes
Adriano do táxi

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.