Fiscalização: Vigilância Sanitária recolhe materiais laboratoriais descartados inadequadamente

A Vigilância Sanitária Municipal recolheu materiais laboratoriais descartados em um terreno baldio na Rua Rodrigo Pereira Almeida, no bairro Altiplano. A ação aconteceu nesta segunda-feira (21) em parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam) e a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur).

A fiscalização ocorreu após uma denúncia recebida pela Vigilância Sanitária e, no local, foram encontrados tubos com amostras de sangue e coletores de exames de fezes. “Viemos até o local para fazer o recolhimento do material, que posteriormente será incinerado. Essa é a forma correta de descarte desses materiais, o que deveria ter sido feito pelo laboratório”, explicou Silvio Ribeiro, diretor da Vigilância em Saúde.

“O descarte realizado dessa forma expõe a população à contaminação, inclusive crianças que podem acabar se contaminando até mesmo brincando. Além disso, há também os riscos de contaminação ao meio ambiente que esses materiais podem causar”, destacou.

Ainda de acordo com Silvio Ribeiro, a Vigilância Sanitária vai preparar um relatório e fazer denúncia ao Ministério Público da Paraíba (MPPB). “Vamos tentar descobrir qual foi o laboratório que descartou os materiais neste terreno, para que o autor seja responsabilizado por sua atitude”, afirmou.

A Vigilância Sanitária contempla os mais diversos campos de atuação, desde os específicos da área sanitária, até outros, como saneamento, educação e segurança. As ações desenvolvidas pela GVS são de caráter educativo (preventivo), normativo (regulamentador), fiscalizador e, em última instância, punitivo. São desenvolvidas nas esferas federal, estadual e municipal e ocorrem de forma hierarquizada.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.