PGM de João Pessoa participa de Fórum Nacional e firma convênio com Procuradoria de Recife

A Procuradoria Geral do Município de João Pessoa esteve presente no Fórum Nacional dos Procuradores Gerais das Capitais do Brasil, em Salvador, representada pelo Procurador Geral, Adelmar Azevedo e pelo Procurador Chefe da Corregedoria Geral, Leonardo Teles. Entre os temas abordados no encontro, que aconteceu nos dias 10 e 11 deste mês, estavam a judicialização da saúde, Reforma Tributária, Parcerias Público-Privadas e as Propostas de Emenda Constitucional número 45 e 110.

Durante o Fórum foi firmado convênio de cooperação mútua entre as Procuradorias Gerais de João Pessoa e Recife para compartilhamento de sistemas, banco de dados, conhecimentos, processos, práticas, produtos e metodologias, bem como o planejamento e execução de atividades conjuntas, obtendo maior eficácia, eficiência e efetividade nas missões institucionais entre os dois municípios.

“As capitais têm muitos problemas em comum e as soluções devem ser pensadas em conjunto, na partilha contínua de experiências e boas práticas. O convênio já vinha sendo discutido há alguns meses e será uma ferramenta importante e muito útil para nossa Procuradoria Geral”, completou Adelmar Azevedo.

Sistema da AGU – Os procuradores também conheceram a ferramenta de inteligência artificial para a advocacia apresentada pela Advocacia Geral da União, assim como a minuta do acordo de cooperação técnica provisória para adesão das procuradorias gerais dos municípios ao sistema. Entre as funcionalidades da ferramenta está o gerenciamento de documentos eletrônicos, identificando de foram automática processo repetidos, analisa acórdãos, além de possuir um banco de jurisprudências, acórdãos e outros itens.

“Inicialmente o acordo tem um prazo de 12 meses antes da adesão definitiva. Tão logo haja o chamamento, faremos a imediata adesão formal, tendo em vista que se trata do mais avançado sistema gestor de processos voltado para procuradorias gerais, o que facilitará a boa atuação de todos os servidores da Procuradoria Geral do Município”, finalizou Adelmar Azevedo.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.