Mobilização de prevenção e combate ao sarampo acontece nesta quarta-feira com participação da SMS

A Secretaria de Saúde (SMS) de João Pessoa e outros órgãos públicos realizarão, nesta quarta-feira (4), uma mobilização contra o sarampo, com o objetivo de capacitar e conscientizar os profissionais da rede pública de saúde sobre o combate à doença. Trata-se do Evento Interinstitucional de Prevenção e Combate ao Sarampo, que acontece a partir das 8h no auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE), em Jaguaribe.

O evento é uma parceria com o Ministério Público Estadual da Paraíba (MPPB), Conselho Regional de Medicina (CRM), Conselho Regional de Enfermagem (Coren) e Secretaria Estadual de Saúde (SES). “É um evento de conscientização, prevenção e combate. Temos estados vizinhos com casos comprovados da doença e por isso queremos envolver toda a sociedade, focando nas crianças de seis meses até menores de cinco anos, para que todos fiquem imunizados e não esperem chegar o primeiro caso para procurar uma unidade de saúde e buscar a vacina”, afirmou Ana Giovana Medeiros, secretária adjunta de Saúde de João Pessoa.

Durante o evento, serão apresentados pontos como faixa etária das pessoas que devem ser vacinadas, prevenção, manejo clínico, sinais e sintomas, notificação de casos suspeitos, entre outras questões relacionadas ao tema. Participarão aproximadamente 900 profissionais, sendo 800 da área de saúde e 100 da área de educação infantil.

“A Secretaria Municipal de Saúde tem feito um trabalho contínuo de monitoramento junto às comunidades e todas as salas de vacina. Fazemos também um trabalho sério de orientação sobre a importância da atualização dos cartões de vacinas com a população, considerando que muitas doenças no Brasil foram erradicadas por conta dos programas de imunização, a exemplo da varíola e da poliomielite (paralisia infantil). Nós, como rede de assistência, estamos trabalhando para manter João Pessoa livre da doença”, explicou Fernando Virgolino, chefe de Imunização da PMJP.

Tríplice Viral – A PMJP oferta a vacina tríplice viral, que protege crianças e adultos contra o sarampo, caxumba e rubéola, nas Salas de Vacinação distribuídas nas Unidades de Saúde da Família (USF), nas policlínicas municipais e no Centro Municipal de Imunização. Devem tomar a vacina crianças de seis meses de vida até adultos de 49 anos de idade.

As crianças de seis meses devem tomar a chamada ‘dose zero’. A vacina deve ser ministrada em duas doses a partir de um ano de idade até 29 anos, 11 meses e 29 dias de vida do cidadão. Caso a pessoa comprove as duas doses, não é necessário tomar nenhuma a mais, já sendo considerada imunizada.

Já para adultos com idade entre 30 a 49 anos 11 meses e 29 dias basta uma dose da vacina para que seja considerado imunizado. E os profissionais da área de saúde, independentemente da idade, devem tomar duas doses para que seja imunizado. Caso comprove que tomou as duas doses, não é necessária nenhuma outra.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.