Prefeitura de João Pessoa investe na qualificação e formação dos professores

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), busca cada vez mais um ensino com qualidade nas escolas e creches da Rede Municipal. Para isso, são realizadas durante o ano formações continuadas para o segmento da Educação Infantil, Ensino Fundamental I, Fundamental II, especialista e gestores.

A formação representa uma atualização e contextualização dos professores, ou uma requalificação metodológica com novas ideias onde eles já têm o conhecimento adquirido, mas faz uma formação em cima de métodos mais adequados.

A Rede Municipal de Educação possui cerca de 4.200 professores, gestores e especialistas, onde mais de 90% possuem graduação, pós-graduação, especialização, mestrado ou doutorado.

Jandilene Ramos é professora de Português da Escola Municipal Lions Tambaú, no bairro dos Bancários. Ela possui especialização em ensino aprendizagem em Língua Portuguesa e mestrado em linguagem. Para ela, esse processo de formação, a qual ela participa todos os anos, ajuda a ampliar o conhecimento e levar uma melhor qualidade de ensino para dentro da sala de aula.

“Além de contribuir para as discussões coletivas sobre a educação dos nossos alunos também promove um conhecimento mais prático do nosso dia a dia porque vamos elaborar propostas de ensino, compartilhamos conhecimento com outros professores. Não é porque temos mestrado ou especialização que não precisamos estar nos aprimorando cada vez mais”, falou a professora.

Esses profissionais que buscam se aperfeiçoar, que buscam fazer mestrado ou doutorado, em instituição pública, tem o direito de se afastar por 1 ou 2 anos. Para isso, eles contam com o apoio da PMJP uma vez que o ensino público terá um docente mais qualificado.

“Com as formações, já é possível perceber uma melhor desenvoltura dos professores e dos alunos onde se abre espaço para diálogos sobre direitos e deveres de cada um. Um professor para ser nomeado na rede municipal é obrigatório que tenha uma graduação”, disse o diretor da Divisão de Gestão Curricular da Sedec, Gilberto Cruz.

E é procurando essa melhoria, essa qualificação no ensino aprendizado nas creches e nas escolas, que a Sedec tem uma política de formação continuada anualmente por meio de editais ou parceiras com instituições como a Universidade Federal da Paraíba, Universidade Estadual da Paraíba, Instituto Federal da Paraíba e Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, entre outras.

Para o ano de 2019 está previsto um investimento de R$ 908 mil na formação e valorização dos profissionais.

você pode gostar também Mais do autor