Cartaxo assina contrato que vai permitir a construção da nova sede da Câmara de JP

Para os vereadores da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), 23 de agosto de 2018 é uma data histórica. É que nesta quinta-feira, o prefeito Luciano Cartaxo (PV) assinou um contrato no valor de R$ 15 milhões entre a Prefeitura da Capital, a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) e a Caixa Econômica Federal para a construção na nova sede do Legislativo Municipal.

A edificação, que será erguida no lugar da sede atual, terá três pavimentos e um estacionamento no subsolo, com um total 4.961,55 m² de área construída. As obras, cujo valor será descontado do duodécimo da Câmara, deverão começar em dezembro e podem ser concluídas em dez meses.

“O prefeito Luciano Cartaxo, com esse ato, ajuda a manter a Câmara no Centro da cidade, perto das pessoas, com uma obra que, além de tudo, é importante no projeto de valorização do Centro Histórico”, comentou o presidente da CMJP, vereador Marcos Vinícius (PSDB).

Luciano Cartaxo concordou que a obra valoriza o Centro Histórico. “Esse novo prédio é um investimento para a cidade, um investimento do legislativo na democracia, então todos saem ganhando. Além do mais, a obra vai valorizar a Rua das Trincheiras, que é um patrimônio da cidade de João Pessoa”, afirmou o prefeito.

A solenidade para assinatura do convênio contou, ainda, com a presença dos vereadores Dinho (PMN), Damásio Franca (PP), Bosquinho (PSC), Carlão (PSDC), João Corujinha (PSDC), Thiago Lucena (PMN), João dos Santos (PR), Chico do Sindicato (Avante) e Milanez Neto (PTB), este, líder da bancada governista, participou da solenidade, junto ao Gerente de Governo da Caixa Econômica, Jovânio Gomes da Silva, no gabinete do prefeito, no Centro Administrativo Municipal.

Também participaram do evento o diretor-geral da Casa, Carlos Santos, o diretor legislativo Rodrigo Paulo Neto; o procurador Antônio Paulo Rolim e o secretário de comunicação, Janildo Silva, além da secretária de Planejamento da PMJP, Daniela Bandeira, o secretário de comunicação da Prefeitura, Josival Pereira, e o procurador-geral do município, Adelmar Régis.

Marcos atribui a conquista ao esforço de todos os vereadores e todos os servidores que compõem a atual legislatura e diz que tem gratidão enorme ao prefeito Luciano e sua equipe, assim como ao deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP), “pelo apoio incondicional para a captação destes recursos junto a Caixa Econômica”; ao ex-presidente da Caixa, Gilberto Occi; à Virgínia Velloso (mãe de Aguinaldo Ribeiro), “que nos acompanhou em Brasília, nas audiências que permitiram que, hoje, estivéssemos dando início a este projeto”; e ao superintendente da Caixa na Paraíba, seu xará Marcos Vinícius, junto a toda a equipe dele.

*Câmara moderna e sustentável*

Para Marcos Vinicius, a atual sede do Legislativo Municipal está obsoleta. “Ela foi projetada para 12 vereadores e hoje temos 27. Ficou pequena e a estrutura, obsoleta”, afirmou o presidente da CMJP, anunciando que o novo edifício terá um total de 36 gabinetes, será sustentável e acessível, com painéis solares e reaproveitamento de água.

Projetada pelo arquiteto Gustavo Vaz, a nova sede da Câmara Municipal de João Pessoa foi pensada de forma que valorizasse o Centro Histórico, tivesse apelo ecológico que representasse a importância da instituição e que desse melhores condições para servidores e para a população que procurar a Casa.

A edificação conterá um Plenário mais adequado tanto para os vereadores, quanto para a população, um total de 36 gabinetes, já prevendo um possível aumento no número de parlamentares, e ainda terá sala de reuniões e refeitórios.

você pode gostar também Mais do autor