Jornalista Paraibano lança livro em conceituada livraria da capital neste sábado; confira

A história político-administrativa da Paraíba dos anos 1930 a 2016 é contada por dezenas de repórteres fotográficos da imprensa oficial do Estado por meio de 173 fotografias legendadas. Este é o conteúdo do livro PARAÍBA GOVERNOS EM CENA que será lançado neste sábado (28), às 10 horas, na Livraria do Luiz (Galeria Augusto dos Anjos, centro de João Pessoa, telefone 35765573.

A obra, com 111 páginas, tem apresentação do secretário de Comunicação Institucional, jornalista Luis Tôrres, além de artigos de José Octávio de Arruda Mello, Damião Ramos Cavalcanti e Carlos Pereira de Carvalho. O livro é um projeto idealizado pelo jornalista Josélio Carneiro.

O leitor encontrará fotos dos governos Gratuliano de Brito, Oswaldo Trigueiro de Albuquerque Melo, José Américo, Pedro Gondim, João Agripino, Ernani Sátiro, Ivan Bichara, Dorgival Terceiro Neto, Tarcísio Burity, Clóvis Bezerra, Wilson Braga, Milton Cabral, Ronaldo Cunha Lima, Cícero Lucena, Antônio Mariz, José Maranhão, Roberto Paulino, Cássio Cunha Lima e Ricardo Coutinho. Há ainda a Galeria dos Governadores e o painel produzido pela Fundação Casa de José Américo.

No artigo “Governos para sempre”, o jornalista Luis Tôrres afirma que “O livro nos brinda com uma fonte inesgotável de conteúdo histórico que nos permite vislumbrar com mais nitidez todos os caminhos percorridos até os dias de hoje”, e acrescenta: “Em um só movimento, ao reavivar a história dos governadores na Paraíba, a obra de Josélio Carneiro homenageia todos aqueles que, de câmeras em punho, foram responsáveis pelos registros que imortalizaram os governos existentes. A vocês fotógrafos, todo nosso reconhecimento. Gratidão. Admiração. A obra é um retrato do valor de cada um. A Josélio Carneiro, o mérito está no enquadramento. Somente sua grande-angular seria capaz de colocar num só livro tanta gente importante. Na frente e por trás das câmeras”, pontuou.

No prefácio o professor e acadêmico Damião Ramos Cavalcanti afirma que “O passado retratado tem muita força sobre nós porque é a maior e mais expressiva identidade do que éramos e do que somos. O livro de Josélio, de leitura confortável e agradável, aproxima, por meio de imagem, nossa história do nosso povo que muito gosta de ler e reler livros ilustrados.”.

De acordo com o historiador, professor e escritor José Octávio de Arruda Mello, “Josélio se apoia em dezenas de fotógrafos como ‘uma obra de iniciativa própria mas que é construída a muitas mãos’. Daí a força que lhe intrínseca. Fundindo Bóris Kossoy Com Giselle Freund, o volume torna-se, simultaneamente, História fotográfica e documento social”.

O livro custa apenas R$ 25,00 e o primeiro lançamento ocorreu no Palácio da Redenção dia 17 de novembro passado.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.