Senador paraibano recebe cartas de ameças de morte; Polícia Federal já foi acionada

O líder do PSDB no Senado Federal, Cássio Cunha Lima, recorreu à Polícia Federal para pedir apuração após ter recebido duas cartas com ameaças de morte.

Segundo o tucano, as cartas diziam que ele não passaria o Natal vivo se votasse a favor do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT).

O paraibano é um dos árduos defensores do afastamento da petista  do governo. As informações são da coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.