Vereadores trocam empurrões e xingamentos entre eles na sessão para debater obras da Lagoa

As supostas irregularidades cometidas pela Prefeitura de João Pessoa na execução das obras da Lagoa está deixando os vereadores da Capital com ânimos acirrados. A reunião para discutir a obra da Lagoa na manhã desta segunda-feira (25), terminou com empurrões entre os parlamentares e muitos xingamentos por ambos.

Felipe Leitão (PSL) partiu para cima do vereador Marco Antônio (PHS), no início da reunião da Comissão de Políticas Públicas. Marco presidia o expediente.

Depois foi a vez do Professor Gabriel (SD) dá um empurrão em Raoni Mendes (DEM). Em meio aos empurrões a turma do deixa disso agiu e coube aos seguranças da Casa conter os vereadores. Um bravo “seu porra” foi disparado pelo professor em uma aula de como os homens públicos não vem se comportar.

A oposição trabalhou para inviabilizar a reunião com várias ‘questão de ordem’ e gritos em plenário. Os governistas marcaram presença e foram reforçados com a presença de mais de 10 secretários municipais.

Na pauta um relatório da Caixa Econômica Federal sobre a obra da Lagoa e uma explanação do secretário de infra estrutura Cássio Andrade sobre a Lagoa.

O líder da oposição, Renato Martins (PSB) chegou a entregar um bolo, em protesto, afirmando que a guloseima era para comemorar o retorno das atividades da comissão que, segundo o oposicionista, não se reunia há mais de ano.

 

Politicaeetc

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.