Líder da Oposição teme que Ricardo Coutinho também atrase pagamento de aposentados na Paraíba

O Líder da Oposição na Assembleia Legislativa, deputado Renato Gadelha (PSC) ocupou a tribuna da Casa de Epitácio Pessoa na manhã desta quinta-feira para falar de seu temor que o estado da Paraíba acabe por replicar “o cenário de caos enfrentado pelo Rio de Janeiro”.

O Líder, que chamou de profunda injustiça, a decisão do Governo do Rio de Janeiro de não realizar o pagamento de aposentados e pensionistas com benefícios acima de 2 mil reais. “Penaliza, de forma cruel, quem já não pode mais ter outra fonte de renda e que, em muitas vezes, tem altas despesas com medicamentos e tratamentos de saúde”.

Renato Gadelha disse temer que o quadro vivenciado pelos aposentados fluminenses também atinja os inativos e pensionistas paraibanos. “O governador utilizou, de maneira irregular, o fundo de pensão da PBPrev. Tanto é, que o governador terá que devolver os quase 90 milhões utilizados indevidamente”.

Para Gadelha, a utilização dos recursos destinados ao pagamento de benefícios, pode gerar atrasos na folha dos aposentados e pensionistas da Paraíba. “O risco é real. O governador utilizou os recursos porque quebrou as finanças do estado. Infelizmente, não há certeza de que o Estado tenha recursos para cobrir o rombo gerado por esse governo, no Fundo de Pensão da Paraíba”.

Renato afirmou não torcer pelo ‘quanto pior melhor”, mas “não estou aqui tratando de suposições. Há uma dívida vultosa do estado com a PBPrev e não temos informações seguras, e confiáveis, quanto aos cofres da Paraíba. O Estado tem 45 dias para devolver os recursos. Esperamos, todos, que isto aconteça”, finalizou.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.