24.1 C
João Pessoa
Início Paraí­ba Restaurantes do programa Tá na Mesa homenageiam crianças com brindes e brincadeiras

Restaurantes do programa Tá na Mesa homenageiam crianças com brindes e brincadeiras

Os restaurantes que integram o Programa Tá na Mesa realizaram, nesse 12 de outubro, homenagens de diversas maneiras para o público infantil, que diariamente já tem uma relação com o programa. Pula-pula, algodão doce, teatro, palhaços, oficinas de artes, lancheirinhas de guloseimas fizeram parte da programação dedicada às crianças.

“É com grande satisfação que nós do restaurante Casa Grande-Senzala, parceiro do Governo Estadual, através do Programa Tá na Mesa, realizamos essa programação em alusão ao Dia da Criança, e poder ver a felicidade das crianças e mães que estão conosco diariamente”, afirmou a proprietária do estabelecimento localizado no município de Ingá, Lia Viana da Luz.

O secretário do Desenvolvimento Humano, Tibério Limeira, enfatizou que é fundamental ter essa interação entre a sociedade e o Poder Público e elogiou a iniciativa dos restaurantes. “Investir nessas crianças, não é investir no futuro e sim no presente, para que possamos ter uma sociedade mais humana, mais digna, mais cidadã. Uma sociedade que consiga olhar para o lado e sentir a dor do outro e trabalhar para que essa dor do outro deixe de existir”, enfatizou.

Luciana Leal, diretora de Segurança Alimentar da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), ressaltou a importância dessa boa relação que existe com os proprietários dos restaurantes. “Através dessa ação, podemos ver que de forma muito espontânea os proprietários dos restaurantes demonstraram que o programa, além de ser uma política de segurança alimentar, também integra a sociedade através da solidariedade quanto à atenção no tocante das questões sociais das pessoas em vulnerabilidade” disse.

O Programa Tá na Mesa foi criado com o objetivo de melhorar as condições nutricionais das famílias em condição de vulnerabilidade social e de insegurança alimentar, como também fomentar a rede de comércio de alimentação dos municípios da Paraíba e toda a cadeia de abastecimento e fornecimento de suprimentos, a exemplo de produtores rurais e orgânicos, produtores de descartáveis, rede atacadista de distribuição de alimentos e outras atividades afins.

Presente em 83 municípios que não possuem Restaurante Popular, o programa garante a distribuição de 250 alimentações diárias nos municípios que possuem entre 10 mil e 20 mil habitantes e de 400 refeições em municípios acima de 20 mil habitantes, assegurando o fornecimento de 552 mil almoços por mês, ao preço de R$ 1,00 cada.

Fábio Augustohttps://pautapb.com.br
Formado pela Universidade Federal da Paraíba em Comunicação Social, atua desde 2007 no jornalismo político. Passou pelas TVs Arapuan, Correio e Miramar, Rede Paraíba de Comunicação (101 FM), pelas Rádios 101 FM, Miramar FM, Sucesso FM, Campina FM e Arapuan FM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

Projeto Cidade Viva Fitness abre inscrições para famílias

Em tempos de recomeços e de retomada de uma nova vida, a igreja Cidade Viva lançou, nesta semana, um projeto especial para dar um...

Bruno Cunha Lima assina edital de concurso da Guarda Civil; inscrições têm início nesta segunda

A Prefeitura de Campina Grande vai realizar concurso público para dobrar o mesmo efetivo da Guarda Civil Municipal desde a criação da corporação. Estão...

ELEIÇÕES OAB-PB: Jovem advogada e professora Izabelle Ramalho é lançada como vice na chapa de Harrison

O Movimento liderado pelo atual presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), Paulo Maia, e o candidato a presidente da OAB-PB,...

Homem é preso suspeito de estuprar própria filha de 8 anos, no Sertão

Um homem foi preso, suspeito de estuprar a própria filha de 8 anos de idade, na cidade de Conceição. A prisão ocorreu, por volta...