Operação Morpheus: Prefeitura de João Pessoa realiza ação para combater poluição sonora

Para garantir o sossego social evitando barulho acima dos limites estabelecidos por lei, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) vai colocar em prática a Operação Morpheus. As equipes das Secretarias de Segurança Urbana (Semusb), Mobilidade Urbana (Semob) e Meio Ambiente (Semam) estarão em campo nesta sexta-feira (16), sábado (17) e domingo (18), nas principais praças e parques da Capital fiscalizando quem estiver desrespeitando a lei.

Segundo o secretário da Semusb, Dênis Soares, já foram realizadas, na semana passada, ações de conscientização sobre a Lei do Silêncio com a população. “Realizamos uma ação educativa, que inclusive, já trouxe melhoria para alguns locais da cidade, mas agora iremos multar os poluidores sonoros que forem encontrados infrigindo a lei”, disse.

Quem for flagrado passando dos limites máximos de intensidade da emissão de sons, que é de até 65 decibéis, irá ser multado – o valor é a partir de R$ 5 mil, e pode ter o equipamento de som apreendido. Para contribuir com a ação, a operação irá contar com drones, agentes da Guarda Municipal, agentes de trânsito e da Semam.

“Temos que respeitar o bem-estar das pessoas e não abusar da amplitude do som, sempre pensando no próximo. A emissão de sons e ruídos por quaisquer fontes ou atividades que ultrapassem os níveis máximos de intensidade podem sofrer prejuízos de acordo com a lei”, afirmou o secretário.

A Prefeitura busca garantir o conforto e o sossego à população de João Pessoa por meio do controle de barulhos excessivos. Para isso, informa os números para realizar as denúncias: Guarda Municipal (153) e Semam (0800 281 9208). A população pode ligar ainda para o número 190, da Polícia Militar.

Poluição sonora – É o alto nível de decibéis provocado pelo barulho constante proveniente de atividades que perturbam o silêncio ambiental. Esse excesso de barulho afeta, inclusive, a saúde física e mental das pessoas.

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. Avatar
    Juliano Alves Diz

    Sinceramente, a prefeitura não deve estar falando sério. Na Argemiro de Figueiredo, há o bar Fullanos, que durante TODO o fim de semana mais parece uma casa de shows. É um barulho ensurdecedor. Eu moro a 2 quarteirões do bar e não tenho descanso. É como morar do lado de uma casa de shows. Eu coloquei minha casa a venda e estou em busca de outro lugar para morar porque no fim de semana que deveríamos descansar somos importunados. Eu imagino os coitados que moram ali ao lado deles naquelas casas e prédios. Fora isso, a tendência é o preço dos imóveis ali caírem pelo inferno. Mas no Brasil as vizinhanças não se organizam pra tomar providências, então eu vou é fugir. Isso aí da prefeitura não pode ser sério, porque os bares de João Pessoa fazem barulho pra qualquer um ouvir. Basta ir lá no Fullanos num sábado ou domingo, principalmente fim de tarde e começo da noite.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.