Apoio popular e político: candidatura de Ana Cláudia foi a que mais cresceu na reta final das convenções

“Gestos sinceros e extremamente importantes”. Foi assim que resumiu a candidata Ana Cláudia (Podemos) à Prefeitura de Campina Grande, ao se referir aos apoios que vem recebendo de partidos e de diversas lideranças políticas da cidade ao seu projeto em favor de uma Campina mais justa para todos os campinenses, “não apenas para um grupo familiar ou uma ‘elite’”.

“Esses apoios são consequência de uma pré-campanha que está em crescimento constante e consistente. Nosso projeto não para de receber adesões e isso me alegra muito, saber que o povo de Campina Grande está recebendo de braços abertos nossas ideias. Juntos Podemos e faremos mais por nossa querida Rainha da Borborema”, disse Ana Cláudia.

O projeto da candidata a prefeita Ana Cláudia e de seu vice, Sargento Wellington, foi o que mais cresceu na reta final das convenções e o que conseguiu reunir o maior número de partidos para a coligação. Ao todo, dez legendas formalizaram apoio, o que garantirá mais de 130 candidatos a vereador. “Com isso, o nosso projeto terá repercussão em cada bairro, em cada região da cidade”, afirmou a candidata do Podemos.

Ana Cláudia entrou na reta final das convenções com o apoio formalizado do PTB, primeiro partido a se posicionar em favor da então pré-candidatura do Podemos, ainda no final do ano passado. Nos dez dias que antecederam o prazo final de realização das convenções, que foi 16 de setembro, o projeto de Ana recebeu o apoio de oito legendas: Cidadania, Avante, Democratas, Solidariedade, Democracia Cristã, PMN, PTC e, por último, o PDT, formalizado na noite do dia 16 e anunciado publicamente pelo presidente do Diretório Municipal, Gustavo Feliciano, na quinta-feira (17).

Além dos mais de 130 candidatos a vereador, divididos entre as dez legendas que apoiam a candidatura de Ana Cláudia, a coligação terá um espaço para expor as ideias e propostas de quase três minutos no guia eleitoral. “Ana Cláudia é uma mulher capacitada, que se importa com os outros, principalmente os que mais necessitam. Ela vai ser uma mãe para Campina”, disse Wellington Silva, presidente municipal do Democracia Cristã – DC, partido que terá 35 candidatos à Câmara Municipal.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.