Hospital de Cajazeiras recebe tomógrafo e amplia capacidade diagnóstica

O Hospital Regional de Cajazeiras recebeu, nesta sexta-feira (31), um tomógrafo para atender a demanda do alto sertão paraibano. A aquisição do equipamento foi resultado de uma emenda proposta pelo deputado federal Wilson Filho (PTB/PB), no valor de R$ 1milhão e 200 mil. Com a instalação do aparelho de tomografia computadorizada, a unidade deixará de recorrer ao serviço terceirizado e ampliará o atendimento ambulatorial para os mais de 14 municípios da 9ª macrorregião de saúde, atendidos pelo Hospital.

O equipamento encontra-se em fase de instalação, uma vez que será necessária a readequação da unidade para que o equipamento comece a funcionar. Uma reforma no valor de R$ 200 mil está sendo feita com recursos próprios do Estado para o reforço do piso, aumento das portas e acessibilidade da sala onde funcionará o equipamento. De acordo com o secretário estadual de Saúde, Geraldo Medeiros, este tomógrafo vem para preencher um vazio assistencial do usuário do SUS no alto sertão.

“A população terá a ampliação dos atendimentos, com a agilidade de diagnóstico e o acesso ao tratamento adequado”, explica o secretário, que agradece o recebimento da emenda proposta pelo deputado. “A emenda permitiu a aquisição deste tomógrafo e com recursos próprios realizaremos a instalação do equipamento. Uma união entre o Governo e o Deputado, que atenderam ao clamor da população”, finaliza.

Já para o deputado Wilson Filho a aquisição deste equipamento é uma demanda histórica que hoje se concretiza através do trabalho em parceria com o Governo do Estado. Ele enfatiza ainda a relevância do maquinário neste período de pandemia: “Dentre outras funções importantíssimas, o tomógrafo é capaz de ajudar no diagnóstico da Covid-19, por meio de imagens computadorizadas da região torácica de pacientes com suspeita”.

O aparelho de tomografia computadorizada permite o diagnóstico seguro e não invasivo em pacientes pediátricos e adultos. Segundo o diretor do Hospital Regional de Cajazeiras, Manoel Telamon, o aparelho atenderá à urgência e emergência, aos pacientes internados, bem como do ambulatório ampliando a capacidade diagnóstica nas áreas de ortopedia, cirurgia geral, neurologia, UTI e pacientes Covid-19. A expectativa da direção é de que haja um incremento de 1.500 exames por mês, quando as atividades do ambulatório forem retomadas em Cajazeiras.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.