Cícero Lucena questiona exclusão de praças de alimentação de shopping na reabertura

O pré-candidato a prefeito Cícero Lucena (Progressistas) manifestou a sua contrariedade pela exclusão das praças de alimentação da quarta etapa de flexibilização anunciada pela Prefeitura de João Pessoa.

Segundo o progressista, trata-se de uma discriminação sem lógica liberar bares e restaurantes da cidade com metade da capacidade, porém, mantendo a proibição do serviço nos espaços dos shoppings centers.
Ex-prefeito, Cícero Lucena afirmou que o simples redimensionamento de mesas e cadeiras já poderia inibir a aglomeração de pessoas. “Ou será que na cabeça de quem comanda a Prefeitura não está claro que se trata de uma discriminação contra as pessoas que trabalham nesses estabelecimentos? Pode fazer fila para o delivery, mas não pode se sentar e comer respeitando o distanciamento social e demais protocolos?”, questiona a decisão da prefeitura.

Em sua postagem nas redes sociais, o progressista lembrou que “o próprio fluxo dos shoppings já está reduzido em 50%”. O comércio varejista, há duas semanas, pode funcionar no horário das 9h às 15h (lojas de rua) e de 12h às 20h (shopping centers).

O progressista questiona o poder público sobre o dimensionamento da liberação em comércio e da frota do transporte coletivo em circulação na Capital paraibana. Os ônibus estão circulando entre 6h e 19h, de segunda-feira ao sábado, e com limite de passageiros.

“Pra mim, numa opinião bem pessoal, acredito que se é para diminuir a aglomeração de pessoas devia haver a liberação da frota completa e assim permitir esse distanciamento dos passageiros dentro dos ônibus”, explicou.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.