Estado lançará Guia de Enfrentamento da Pandemia para Atenção Básica

Nesta quarta-feira (8) pela manhã, foi realizada uma reunião, via internet, para discutir a produção do Guia de Enfrentamento da Pandemia da Rede de Atenção à Saúde (Samu, USF, UPA, Rede Hospitalar, Ambulatórios) para gestores das unidades de todos os municípios, estabelecendo os novos fluxos, dentro das mudanças impostas pelo “novo normal”. O Guia será produzido pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), Conass, Conasems e Cosems.

“A gente se acostumou a dizer que só valem os saberes externos, mas nessa pandemia estamos provando o contrário. Num intervalo de tempo bem pequeno, a Paraíba tem sido exemplo na atuação dessa pandemia. E isso só vem sendo possível por meio de ampliação das conversas sobre como fazer. Conversa e proximidade. Nós temos uma dívida histórica com o sertão, que precisa receber um olhar diferenciado, e a Atenção Básica pode mudar isso”, disse o secretário executivo de Gestão de Rede de Unidades de Saúde, Daniel Beltrammi.

“O Guia chega num momento propício, já que estamos num tempo difícil e, provavelmente, conviveremos com a Covid-19 por um longo período. O documento será uma orientação para aprimorar as nossas práticas atuais”, disse a presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (Cosems-PB), Soraya Galdino.

Segundo a gerente operacional de Atenção Básica da SES, Rayanna Coelho, o Guia servirá para nortear gestores para estabelecer os fluxos do “novo nornal”. Será produzido por meio de oficinas das  regiões de Saúde, todas de forma virtual. A primeira está marcada para o dia 22 de julho.

“Com a epidemia  juntam os problemas vindos com ela mais os desafios já existentes no dia a dia na Rede de Atenção à Saúde. Por conta disso, é necessário traçar novos fluxos, pois  95% das pessoas acometidas pela Covid-19 podem ser atendidas na Atenção Básica”, declarou.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.