CALVÁRIO: “eu jamais autorizei que alguém recebesse recursos ilegais”, dispara João Azevêdo; ouça

O governador da Paraíba, João Azevêdo, foi mais um a contestar a delação premiada da ex-secretária Livânia Farias no decorrer da Operação Calvário. João negou que em momento algum autorizou quem quer que seja recebesse propina em seu nome. O governador fez questão em frisar que tem uma história na Paraíba e que a sua campanha teve as contas aprovadas pela justiça eleitoral.

João Azevêdo também respondeu o prefeito da Capital, Luciano Cartaxo, que teria falado para a imprensa perguntar sobre a Calvário, ao próprio governador.

Em novo trecho na delação premiada, Livânia Farias disse que João Azevêdo recebeu mesadas oriundas de propina.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.