Coutinho tenta deixar Gervásio Maia, mas site da Justiça Eleitoral aponta Márcia Lucena como Presidente do PSB na PB; veja

O ex-governador Ricardo Coutinho anda mesmo enfrentando um verdadeiro “calvário“. Nesta última quarta-feira (8), terminou o prazo da comissão provisória do Diretório Estadual do PSB da Paraíba, ao qual ele estava como presidente e, tentou encaixar o seu “fiel escudeiro”, o deputado Gervásio Maia, como presidente do partido; mas, no site da Justiça Eleitoral apontava a prefeita do município do Conde, Márcia Lucena, estava como presidente da legenda no estado.

Na direção estão ainda aparecem a deputada estadual Cida Ramos (secretária-geral), os deputados estaduais Jeová Campos e Buba Germano, ambos como secretários especiais, além da ex-secretária de Estado, Cassandra Figueiredo (primeira secretária) e Fábio Maia (secretário de Finanças).

A nova direção terá um mandato com vigência a partir desta quinta-feira e encerramento no dia 31 de dezembro deste ano.

Márcia é investigada na operação Calvário, que apura um desvio superior a R$ 130 milhões em recursos que deveriam ser destinados à saúde pública.

A investigação, baseada em delações, aponta Márcia Lucena, ex-secretária de Educação do Estado, como uma das principais líderes do esquema que expandiu os desvios para a área da educação.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.