Agricultura Familiar: Cecaf soma mais 1 milhão de quilos de alimentos comercializados em 2019

A agricultura na Capital começou o ano com altas expectativas. No período de janeiro a dezembro de 2019, a Central de Comercialização da Agricultura Familiar (Cecaf) comercializou o total de 1.000.693,563 kg de alimentos. O local é administrado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) e é disponibilizado para 132 agricultores familiares de 28 municípios paraibanos.

No local é possível encontrar uma grande variedade de alimentos, como  frutas, verduras, peixes, mariscos, aratu, camarão, goma, farinha de trigo, mandioca, coco ralado, leite e óleo de coco (100% naturais), queijos, manteiga, ovos e bolos, comercializados a preços acessíveis para o consumidor. Também é possível encontrar produtos orgânicos, carnes, artesanato e lanchonetes especializadas em comidas regionais e na gastronomia marítima.

“A Cecaf hoje é um pólo de fomento a agricultura familiar na Paraíba e a Sedurb faz um esforço coletivo para garantir o ordenamento e a infraestrutura do espaço. Só cadastramos agricultores familiares com vínculo em cooperativas e declaração do Ministério da Agricultura. Os resultados foram excelentes no ano que passou e a nossa meta é melhorar ainda mais esses números neste ano que se inicia. A prioridade é continuar transformando a vida desses agricultores que, hoje, conseguem ver o retorno do seu trabalho, sem precisar passar suas mercadorias para atravessadores”, destaca Zennedy Bezerra, secretário de Desenvolvimento Urbano.

De acordo com Rogeany Gonçalves, coordenadora da Cecaf, os eventos de sucesso realizados na Central contribuíram para o bom número de vendas em 2019. “Além das programações já existentes em nosso calendário, como o aniversário da Cecaf, o Dia do Agricultor e demais datas comemorativas, em 2019 fizemos o Arraiá da Economia Criativa, somado ao Festival do Milho no mês de junho que foi um verdadeiro sucesso. No período, comercializamos 4.500 mãos de milho, o equivalente a mais de 230 mil espigas. Já na reta final de 2019, no Festival do Abacaxi, realizado pela primeira vez, a gente contabilizou  mais de dez mil frutos vendidos”, destaca Rogeany.

Dentre os alimentos comercializados no local, as raízes são as mais procuradas pelos consumidores. “Os agricultores percebem uma maior saída de inhame e macaxeira durante as feiras. A maior parte dos produtores comercializam essas raízes e tem um bom retorno financeiro”, explica Rogeany.

Localização – A Cecaf está localizada na Avenida Hilton Souto Maior, 1112 – José Américo (vizinho ao NATU-TRE). Funciona às quintas, sextas e sábados, das 5h às 12h.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.