Eleições 2020: entenda porque Campina já tem uma pré-candidata com perfil Gestora/Técnica

Com a proximidade do processo eleitoral de 2020, diversos nomes surgem para a disputa pela Prefeitura Municipal de Campina Grande, mas qual ‘perfil de candidato’ vem ganhando aceitação perante o eleitorado, segundo pesquisas e levantamentos? A resposta: um perfil gestor/ técnico com histórico de feitos realizados. Neste sentido vem ganhando força nos bastidores o nome da atual secretária de Desenvolvimento e Articulação Municipal do Governo do Estado, Ana Cláudia Vital do Rêgo, vice-presidente estadual do Podemos na Paraíba e presidente do Podemos Mulher, que além de ser até o momento a única pré-candidata mulher, representando os 52% do eleitorado brasileiro, carrega consigo uma longa bagagem técnica.

Segundo dados do Cadastro Eleitoral, atualmente existem mais de 77 milhões de eleitoras em todo o Brasil, o que representa 52,5% do total de 147,5 milhões de eleitores. Em entrevista a imprensa Ana Cláudia, revela que além de seu nome está a disposição representando a força das mulheres na política, seu projeto tem um perfil de gestora e técnica, substanciado por diversas pastas que assumiu ao longo da sua trajetória pública deixando marcas e ações em prol da população, além de já ter sido testada nas últimas eleições, onde conseguiu quase 50 mil sufrágios.

Como pré-candidata Ana Cláudia revela que Campina necessita de um projeto de desenvolvimento para a cidade que volte a incluir ações sociais e estratégicas para que o município volte a gerar empregos e renda para sua população. “É muito importante antes mesmo da definição de nomes por parte da oposição, pensar grande e tratar de assuntos relacionados a uma governança compartilhada, com iniciativas da sociedade civil organizada, trocando experiências exitosas que deram certas antes e trazendo novas iniciativas visando o futuro da cidade.E nosso projeto visa isso, um debate junto aos diversos segmentos da sociedade civil, atualmente desprezados pela gestão que governa para poucos, através do aparelhamento de cargos na máquina pública”, disse Ana.

Apoio do partido – A Deputada Federal Renata Abreu (SP), e presidente nacional do partido, afirmou que o Podemos vai participar do processo eleitoral do ano que vem, com o nome de Ana Cláudia, por essa representar os ideais da sigla. Veja o depoimento de Renata sobre as qualidades do nome de Ana Cláudia para a disputa: https://youtu.be/TKPtktZbpn0

Biografia – Além de estar secretária de Desenvolvimento e Articulação Municipal do Governo do Estado, Ana Cláudia Vital do Rêgo, é natural de Campina Grande, advogada, formada pela Universidade Estadual da Paraíba – UEPB, casada com Veneziano Vital, mãe de Pedro Henrique e Mateus e já exerceu importantes funções em sua vida pública. Atuou como Conciliadora do 1º Juizado Especial Civil da Comarca de Campina Grande. Como primeira dama de Campina Grande, nos oito anos da gestão Veneziano, acompanhou e incentivou as atividades voltadas à mulher, ao bem estar da população e à garantia dos direitos do cidadão. Foi uma das incentivadoras para a construção da Vila do Artesão e para a implantação da Coordenadoria da Mulher, que tinha como objetivo fortalecer as políticas para a mulher na cidade.

Como titular da Secretaria de Interiorização do Estado da Paraíba por dois anos, desempenhou o importante papel de elo entre as esferas do Governo Estadual e as administrações municipais, no encaminhamento, acompanhamento e concretização de projetos e demandas de cada município.

Ela também atuou por quase seis anos como primeira mulher Superintendente da Funasa na Paraíba, onde desenvolveu atividades com os 223 municípios, tendo a sua gestão marcada por um arrojado programa de implantação de cisternas, saneamento básico, ações de saúde ambiental e outras focadas na melhoria da qualidade de vida da população em geral. Em sua gestão, houve uma ampliação significativa nos recursos destinados aos municípios paraibanos.

Já como Secretária Executiva da Casa Civil do Governo do Estado, fortaleceu as ações governamentais com diversos entes , e atualmente trabalha na SEDAM diretamente com os 223 municípios, acolhendo as demandas e intermediando soluções, através da execução de ações desenvolvidas pelas diversas secretarias e órgãos do governo,além de coordenar o Programa Pacto Social.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.