MPT abre 600 vagas para curso voltado a conselheiros tutelares

O Ministério Público do Trabalho abriu inscrições para a 7ª edição do curso “Conselheiros Tutelares: importantes atores no combate ao trabalho infantil”. O objetivo do curso é sensibilizar e nivelar o conhecimento dos participantes sobre questões referentes ao combate à exploração do trabalho infantil. Nesta edição, estão sendo ofertadas 600 vagas e a seleção dos participantes será por ordem de inscrição, considerando a prioridade para conselheiros tutelares.

 

O curso está previsto para o período de 18 de novembro a 13 de dezembro, com carga horária de 20 horas/aula. Com a capacitação, os alunos serão capazes de identificar o que é trabalho infantil, reconhecer a idade em que o trabalho não é permitido, identificar o que é trabalho noturno, perigoso e insalubre, identificar quais são os trabalhos que compõem a lista TIP (piores formas de trabalho infantil), entre outros conhecimentos.

 

A metodologia utilizada é a de ensino a distância (EaD), por meio de aulas interativas que estimulam a participação do aluno e a contextualização teórico-prática. As atividades serão realizadas no ambiente virtual de aprendizagem (AVA) da Plataforma EaD do Ministério Público do Trabalho (MPT). As aulas serão acompanhadas de tutoria para dar o suporte aos alunos no processo de construção do conhecimento, utilizando métodos e recursos disponíveis na plataforma.

 

Para se inscrever, os interessados devem acessar o site ead.mpt.mp.br, criar uma conta no portal EaD do MPT e selecionar o curso “Conselheiros Tutelares VII”.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.