“Uma obra inigualável na área habitacional do Brasil”, diz Romero sobre o Conjunto Aluízio Campos

Ao participar do Programa da Panorâmica Livre, na tarde desta quinta-feira, 24, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, destacou a grandiosidade do Conjunto Aluízio Campos, que conta com 4.100 casas e apartamentos. A obra, iniciada em 2015, será inaugurada no dia 11 de novembro, beneficiando mais de 20 mil pessoas.

Segundo Romero Rodrigues, trata-se da maior obra da história dos 155 anos de emancipação política da cidade e maior que 180 cidades da Paraíba, construída com um elevado padrão de qualidade.

“Desafio a quem quer que seja provar existir, em algumas das mais de cinco mil cidades brasileiras, uma obra habitacional do nível do Aluízio Campos, em relação ao grande número de equipamentos comunitários, iluminação, mobilidade urbana, escolas, creches, saúde, lazer e infraestrutura”, destacou o prefeito.

Romero lembrou também que, além das casas e apartamentos, o conjunto vai abrigar diversificados empreendimentos industriais e comerciais. Haverá ainda na região o sonhado Polo de Moda de Campina Grande, cujas obras de construção estão em ritmo acelerado e já estão despertando o interesse de empresários paraibanos. O polo está sendo viabilizado graças a uma parceria público-privada, tornando a cidade competitiva em relação a outros centros regionais, especialmente os localizados no interior pernambucano.

11 de novembro – Quanto à data de inauguração do conjunto, o prefeito campinense disse que, sob o ponto de vista técnico, até o dia 11 de novembro não haverá mais qualquer empecilho para a entrega oficial das casas e apartamentos.

Ele ainda reafirmou que, tudo que estava sob responsabilidade da prefeitura foi feito no prazo estabelecido, restando agora, tão somente, a superação de entraves burocráticos, a exemplo da assinatura dos contratos dos mais de mil apartamentos, o que vai acontecer nos próximos dias.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.