Ministério Público Federal investiga se Nabor Wanderley usa rádio para fins políticos; entenda

O suposto uso político ilícito da rádio 102.9 FM Itatiunga, na cidade de Patos, no Sertão paraibano, para favorecer o deputado estadual Nabor Wanderley (PRB) nas eleições realizadas em outubro de 2018 está sendo investigado pelo Ministério Público Federal (MPF). Um inquérito civil público foi instaurado conforme publicação do MPF na Paraíba no Diário Eletrônico nesta quarta-feira (2).

G1 entrou em contato com o Sistema Itatiunga de Comunicação. A diretora da rádio, Margaret Gusmão, informou que não houve notificação oficial e que por isso a rádio ainda não sabe do que se trata a denúncia. Ainda segundo a diretora, o departamento jurídico, sob a responsabilidade do advogado Klebert Marques, vai elaborar uma nota com o posicionamento da rádio sobre o inquérito. Até a publicação desta reportagem a nota não havia sido enviada.

A assessoria de comunicação do deputado Nabor Wanderley também informou que não havia recebido notificação oficial e que não reconhece os fatos que levaram o inquérito a ser aberto, tendo descoberto o inquérito pela imprensa. De toda forma, a assessoria adiantou que o deputado não usou a rádio em questão a seu favor, até porque o sistema de comunicação deu espaço a todos os candidatos da cidade.

G1 Paraíba

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.