Escolas da PMJP participam de encontro da Unesco e recebem placa de Escola Associada

As diretoras das Escolas Municipais Pedra do Reino, Paulo Freire e Aruanda participaram do Encontro Nacional do Programa de Escolas Associadas (PEA) da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco). O evento ocorreu em Ouro Preto, Minas Gerais, nos dias 11, 12 e 13 do mês de setembro. Na tarde desta segunda-feira (16), as gestoras foram recebidas pela secretária de Educação e Cultura de João Pessoa (Sedec-JP), Edilma da Costa Freire, no Centro Administrativo Municipal, em Água Fria.

Essas três escolas, que já contêm o selo internacional de qualidade da Unesco devido ao trabalho que realizam juntamente com os alunos e a comunidade, receberam em Ouro Preto uma placa de identificação como Escola Associada que ficará exposta na unidade de ensino.

“É uma imensa satisfação acompanhar os avanços das nossas três escolas que fazem parte do Programa de Escolas Associadas da Unesco.  Garantir aos diretores a participação nesses encontros é fundamental porque temos a certeza da grandeza desses momentos com discussões riquíssimas que elas absorvem e trazem para discutirmos como rede. Essas diretoras terminam sendo multiplicadoras para nossas unidades”, explicou a secretária Edilma.

Esse ano, a Escola Municipal Pedra do Reino está trabalhando com o tema ‘Ano internacional da moderação’, que aborda questões como violência, sustentabilidade, respeito, tolerância e intolerância, cidadania, educação patrimonial e ambiental, entre outros.

A diretora Marta Ferreira Lima falou o que representa ser uma escola associada e ter sido agraciada com a placa. “Isso é um reconhecimento para nós porque mostra que o projeto que desenvolvemos na escola tem efetividade tanto aos alunos quanto a comunidade. E os temas abordados em nossos projetos são orientados pelos valores que a Unesco defende como solidariedade, respeito a vida e cultura de paz”, afirmou.

A Escola Paulo Freire ganhou o selo de reconhecimento após desenvolver o projeto ‘Gestão democrática’, que trabalha principalmente a sustentabilidade da preservação do meio ambiente envolvendo os alunos e a comunidade escolar. “Só o fato de sabermos que no País inteiro poucas são as escolas que fazem parte de um grupo tão seleto e a gente fazer parte, é honra e muita alegria para a escola”, ressaltou a diretora Chirley de Souza, que já participou de quatro encontros representando a unidade.

Quem também participou do encontro foram as diretoras da Escola Aruanda, Inayara Elida Aquino de Melo e Luzenilda Adelino. A Aruanda vem trabalhando a coleta seletiva que é um dos pontos que também lidera as práticas da Unesco. A escola ainda trabalha com os alunos a produção de alimentos orgânicos (horta) e a preservação do patrimônio escolar.

“Essa placa representa a coletividade, o esforço da Aruanda. Isso é a simbologia de cada diretor que passou por essa escola, de cada professor, de cada funcionário e aluno. Todos na escola estão muito felizes porque mostra como é importante trabalharmos todos unidos”, falou a diretora Inayara Elida Aquino.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.