Veneziano lamenta palavras de preconceito de Bolsonaro com o Nordeste e redução nas transferências de recursos para a região

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) lamentou que o Presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), esteja, repetidamente, usando termos considerados preconceituosos em relação ao Nordeste, além de estar usando expedientes que busquem travar o crescimento da região. Ele se referiu à drástica redução nas transferências de recursos da Caixa Econômica Federal para a Região.

A Caixa liberou para o Nordeste, de um total de R$ 4 bilhões liberados para todo o País, apenas a quantia de R$ 89 milhões, o que representa 2,2% do montante. “Isso é inadmissível”, bradou o Senador paraibano, ao usar da palavra no Plenário do Senado Federal.

Veneziano também se reportou ao recente comentário do Presidente, quando se posicionou de forma pejorativa ao Consórcio criado por governadores nordestinos, afirmando que o Nordeste, muitas das vezes, era administrado ou conduzido pela politicalha.

O Senador destacou que o Consórcio criado pelos nove governadores tem por objetivo buscar investimentos em várias áreas, fortalecendo uma região que precisa da atenção – o que vem sendo relegado negado pelo Governo Federal.

Sobre o termo ‘Paraíba’, usado pelo Presidente, de forma pejorativa, para se reportar a governadores nordestinos, Veneziano Vital disse que o “cochicho auricular” divulgado pela imprensa fez com que aumentasse o orgulho que os nordestinos tem de sua origem. “Sou paraibano, e de Campina Grande, com muito orgulho. Estamos aqui no Senado pra defender um só Brasil e não vários Brasis, como tem defendido em suas ações o atual Presidente”.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.