Em Santa Rita, Gustavo Santos deve perder à Presidência da Câmara; entenda o processo

A situação do presidente da Câmara Municipal de Santa Rita não está fácil. Tudo porque oito vereadores protocolaram na 5ª Vara Mista da Comarca de Santa Rita um pedido de afastamento de Gustavo Santos. Os parlamentares querem a anulação da eleição da Mesa que elegeu Gustavo, realizada em maio de 2017 e exigem novas eleições urgente.

No pedido assinado pelos vereadores Ivonete de Barros, Diocélio Ribeiro, Roseli Diniz, Anésio Miranda, Bruno Inocêncio, Francisco Queiroga, Francisco Medeiros e Sergio Roberto, eles alegam que a eleição de Gustavo Santos feriu frontalmente a Lei Orgânica do Município de Santa Rita, que proibia a reeleição de vereadores na Mesa Diretora da Casa.

No processo que tramita na comarca de Santa Rita os vereadores alegam que o atual presidente tentou no ano passado uma manobra para manter-se no cargo ao aprovar uma emenda que permitia a reeleição, já no cargo de presidente.

A expectativa dos vereadores é que a decisão de afastar o Gustavo Santos ocorra ainda esta semana e que uma nova eleição deve ser feita para eleger um novo presidente o mais rápido possível.

 

Fontes que informaram ao Portal PautaPB, indicam para uma verdadeira “farra” em diárias liberadas por Gustavo Santos.

 

Clilson Júnior

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.