Pontos turísticos de João Pessoa são destaques em publicação internacional

João Pessoa está no foco do turismo mais uma vez, agora com projeção internacional. O site espanhol La Vanguardia publicou uma extensa matéria com os principais atrativos da cidade – praias, artesanato, cultura e o belíssimo acervo arquitetônico presente no Centro Histórico. Com o título
O sol da América sai por João Pessoa, a publicação ainda sugere a Capital como um destino a ser desvendado por turistas estrangeiros. Veja na íntegra:https://www.lavanguardia.com/ocio/viajes/20190416/461599553577/joao-pessoa-destino-desconocido-brasil.html

O Centro Histórico é descrito como “um lugar que amplia a sensação de que o tempo parou em algumas ruas e esquinas”. A publicação prossegue com elogios para as igrejas antigas e o Hotel Globo: “pôr do sol magnífico, alternativa à praia do Jacaré”, diz a matéria sobre um dos monumentos que receberam um olhar especial da Prefeitura Municipal de  João Pessoa (PMJP).

Um leque de intervenções realizadas no Centro Histórico vem mudando para melhor o cenário onde a cidade nasceu. Mas do que isso, possibilitando que a população volte a ocupar os espaços no âmbito da cultura e de forma sustentável. Parque da Lagoa, Praça da Independência, Parque Cultural Pavilhão do Chá, Hotel Globo, Casa da Pólvora, Casarão 34, Vila Sanhauá, entre outras intervenções que, somadas, ultrapassam 50 milhões em investimentos.

“Tudo isso está acontecendo porque o prefeito Luciano Cartaxo resgatou a certidão de nascimento da cidade, que é o Centro Histórico”, disse o secretário de Turismo de João Pessoa, Fernando Milanez. “Esse aporte de obras no Centro está colocando a cidade na rota do Turismo, porque história e cultura a gente sempre teve, faltava cuidar dos nossos espaços, para tornar a cidade ainda mais atrativa. A nossa expectativa é que o Turismo cresça ainda mais com o Parque Ecológico Sanhauá”, comentou.

Previsto para ocupar uma área de 190 mil metros quadrados, o Parque Ecológico Sanhauá já foi lançado pela Prefeitura de João Pessoa e apresentado ao trade turístico e comerciantes da Capital. O projeto tem como objetivo resolver problemas históricos, cuidar do meio ambiente e, principalmente, das famílias que viviam na Comunidade Vila Nassau, em condições insalubres e de risco.

Centro Histórico revitalizado

Villa Sanhauá: Composta por 17 moradias e seis lojas de diferentes empreendimentos artísticos, a Villa Sanhauá é um ponto cultural inovador na revitalização de prédios históricos, um complexo com modalidades de moradia, comércio e serviço. Investimento de R$ 4,2 milhões;

Parque da Lagoa: Um dos principais cartões postais da Capital foi transformado em Parque de fato pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), para ser, também, um dos lugares mais frequentados pela população. Um dos polos do AnimaCentro, o Parque da Lagoa recebeu investimento de R$ 42.230.353,65.

Hotel Globo: Cenário de um dos mais belos pôr do sol da Capital, outro polo do AnimaCentro. Sediando eventos de cultura, o Hotel Globo também recebe projetos ligados ao artesanato, com feiras e exposições. Total de investimento R$770 mil.

Centro Cultural Casa da Pólvora:Polo do AnimaCentro – recebe principalmente shows e exposições. O projeto de revitalização da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) devolveu ao lugar, também, o apelo turístico. Total do investimento R$1,3 milhão.

Parque Cultural Pavilhão do Chá: Mais um cartão postal de João Pessoa, cuja revitalização o transformou em Parque para receber eventos culturais. Total do investimento R$300 mil.

Praça da Independência: Localizada no coração da cidade é uma das mais tradicionais áreas de lazer em meio à agitação do Centro. O projeto de revitalização valorizou o aspecto do paisagismo e da natureza. O local se transformou em um dos espaços mais procurados pela população para programas de lazer, como passeios e piqueniques. Também é polo do AnimaCentro, recebendo principalmente espetáculos infantis. Total de investimento R$1,3 milhão.

Outros equipamentos – Praça da Pedra: R$55 mil; Galeria Augusto dos Anjos: R$80 mil; Praça 1817: R$ 90 mil; Praça João Pessoa: R$380 mil.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.