Alunos da rede municipal assistem espetáculo “O Despertar da Primavera”

 

Uma parceria entre a secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa levou cerca de 500 alunos da rede municipal de ensino para assistirem a peça O Despertar da Primavera, no Teatro Santa Roza, na última sexta. O espetáculo é produzido pela Anthropos Companhia de Artes, do Estado do Goiás.

Com duração de 1h20, a peça conta a história de sete alunos de uma escola que vai montar um espetáculo de teatro. Durante a narrativa, eles passam por vários percalços, como impedimento da coordenadora pedagógica com algumas cenas por ser uma escola conservadora. Eles perpassam por várias temáticas como a descoberta da sexualidade, bullying na escola, discriminação por gênero e religião, violência nas escolas, abuso sexual, entre outros pontos, que são tratados como humor e crítica durante a encenação.

“A mensagem que queremos deixar é a do respeito, do combate à discriminação, além dos caminhos que está tomando a educação. O espetáculo não é para tocar apenas os alunos, como também professores, pais e a sociedade em geral. O desfecho do espetáculo é trágico, acaba com uma morte, um suicídio. Tratamos de temas bem atuais que as famílias precisam atentar”, explicou o ator Tarcísio Perez. Um dos personagens que ele interpreta é o Maurício, um jovem conservador, reacionário, que simpatiza com o nazismo.

Pela primeira vez em um teatro, a aluna da Escola Municipal Moema Tinoco, Maria Júlia Silva Gomes, 9º ano, relatou o que aprendeu. “Vimos vários temas aqui, como o da homofobia. E uma das coisas que mais me chamou a atenção é a falta de respeito das pessoas, o tanto que nós só pensamos na gente e não no próximo. A peça está de parabéns”, falou a aluna.

Anthropos – com 20 anos de atuação em Goiânia, a Anthropos Companhia de Arte produz espetáculos teatrais inclusivos e engajados com as questões políticas e sociais, com foco na realização de uma arte dramática criativa que envolva a comunidade. A Origem da Primavera, de Clarice Lispector, Hamlet Nos Bate a Carteira, de Nelson Rodrigues, Uma Mulher Vestida de Sol, de Ariano Suassuna, Quando Despertamos de Entre os Mortos, de Ibsen, estão entre os espetáculos encenados pela Companhia.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.