Espetáculo sobre tabus e adolescência “O Deserpertar da Primavera” chega a João Pessoa

A juventude é um paradoxo entre a lei e a natureza, o desejo incontido e o dever das regras sociais, a coragem e o medo do desconhecido o espetáculo “O Despertar da Primavera”, estréia sua temporada no dia 16 de março as 20h no Teatro Santa Roza.

Despertar da Primavera é uma performance cênica que narra a trajetória e as contradições de um grupo de adolescentes que, através da remontagem desse clássico da dramaturgia mundial, se descobrem e reconhecem seus lugares na sociedade contemporânea.

Produzida pela Anthropos Companhia de Artes, que traz um diferencial para a capital paraibana onde o espetáculo apresenta audiodescrição, intérprete de LIBRAS e monitores de acessibilidade. Sem medo de levantar tabus temas como sexualidade, amores, religião, valores, violência e família são tratadas com humor e crítica durante a encenação.

O Despertar da Primavera vai além das apresentações teatrais a  companhia se propõe ao diálogo direto com a população, realizando, de forma gratuita, oficinas de mediação cultural, interpretação teatral, teatro do oprimido e intercâmbio artístico com palestra e vivências.

A equipe técnica reúne profissionais de reconhecida atuação na cidade de Goiânia: na direção artística — Constantino Isidoro, na dramaturgia — Hugo Zorzetti, no elenco se destacam Arilton Rocha, Juliana Hernandes, Luana Borges, Marcus Paulo Moreira entre outros.

O espetáculo integra o Programa Petrobras Distribuidora de Cultura, uma seleção pública que tem como objetivo contemplar projetos de circulação de espetáculos teatrais não inéditos, em parceria do Ministério da Cultura. No último edital foram investidos R$ 15 milhões. Ao todo, foram escolhidos 57 espetáculos, representantes de todas as regiões do País, com apresentações em todos os estados.

Sobre a Anthropos

Com 20 anos de atuação em Goiânia, a Anthropos Companhia de Arte produz espetáculos teatrais inclusivos e engajados com as questões políticas e sociais, com foco na realização de uma arte dramática criativa que envolva a comunidade. A Origem da Primavera, de Clarice Lispector, Hamlet Nos Bate a Carteira, de Nelson Rodrigues, Uma Mulher Vestida de Sol de Ariano Suassuna, Quando Despertamos de Entre os Mortos de Ibsen e Despertar da Primavera entre outros espetáculos encenados pela Companhia.

Serviço:

Despertar da Primavera

Quando? 16 de março às 20h

Qual valor? R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)

Onde? Teatro Santa Roza – Praça Pedro Américo

Classificação Indicativa: 12 anos

Contato: (83) 98857-6285

Agenda de oficinas:

Mediação cultural para o Teatro

Dias: 11, 12, 13/03 as 14hrs

Local: Teatro Santa Roza – Praça Pedro Américo  – Centro

Carga horária: 12 horas

Orientadores: Constantino Isidoro

Público alvo: educadores e artistas

Diálogos sobre a Encenação

Dias: 14/03 as 17h

Palestrante: Constantino Isidoro

Local: Teatro Santa Roza – Praça Pedro Américo – Centro

Vivência

Interpretação Teatral

Dias: 15/03 as 14h

Local: Teatro Santa Roza – Praça Pedro Américo – Centro

Orientadores: Arilton Lopes

Número de vagas: 20

Carga horária: 4 horas

Público alvo: artistas

 

Vivência

Teatro do Oprimido

Dias: 16/03 as 14h

Local: Teatro Santa Roza – Praça Pedro Américo – Centro

Orientadores: Robson Parente

Número de vagas: 20

Carga horária: 4 horas

Público alvo: comunidade em geral – a partir dos 16 anos

Contato:.

E-mail – anthroposciadearte@gmail.com / milenapnominato@gmail.com

Link para inscrições: https://goo.gl/forms/AgHQfj6KMdDmYEP03

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.