Homem é preso suspeito de matar e enterrar o próprio pai

Um homem de 45 anos foi preso, suspeito de matar o próprio pai, um idoso de 78 anos, e enterrar o corpo em um barreiro, na zona rural do município de Sousa, no Sertão da Paraíba. De acordo com a Polícia Civil, a prisão aconteceu na tarde desta terça-feira (26), após os policiais terem recebido uma denúncia anônima, informando o desaparecimento da vítima.

Conforme o delegado Carlos Seabra, que investiga o caso, em depoimento à polícia, o filho informou que havia se desentendido com o pai, no último dia 6, e agredido-o em meio a uma discussão.

No entanto, ainda em depoimento, o suspeito alegou que após a discussão teria ficado “tudo bem” com o pai, mas que na madrugada do último dia 10, ao ter acordado para beber água, o encontrou morto.

“Essa é a versão que ele apresenta, dizendo que ficou com medo de que a polícia achasse que ele teria matado o pai e que por isso o enterrou, na noite do dia último dia 11, em um terreno vizinho ao local onde eles moravam. Mas, antes disso, quando fomos informado do desaparecimento e o procuramos, ele havia dito que o pai estaria na casa de parentes, na cidade de Sousa. Só que quando nós fomos investigar, as pessoas da casa que ele havia dito que o pai estaria sequer conheciam ele e o pai dele”, detalhou o delegado.

Os policiais retornaram ao local onde pai e filho moravam e prenderam o suspeito, que informou o local onde teria enterrado o corpo.

Após buscas das equipes da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros, o corpo da vítima, identificada como Francisco Honório de Queiroga, foi encontrado em um barreiro, distante cerca de 500 metros do local onde ela morava.

O filho, Marcos Antônio Queiroga de Assis, foi levado para a Colônia Penal Agrícola, em Sousa, onde deve responder por homicídio qualificado e ocultação de cadáver. G1 Paraíba

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.