Na Capital, 602 profissionais de USFs são premiados com mais de R$ 1 milhão

A tarde desta quinta-feira (24) foi de festa para os profissionais da Atenção Básica de João Pessoa, quando o prefeito Luciano Cartaxo anunciou o resultado do Prêmio do Índice de Satisfação do Usuário (ISU) 2018 do programa Gerente Saúde. Criado para escutar a população, reconhecer a dedicação dos profissionais e o bom atendimento das Unidades de Saúde da Família (USFs) através da avaliação feita pelos próprios usuários, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) pagará, no próximo dia 29, R$ 1.006.250,00 a 602 profissionais de 40 equipes que trabalham nas 20 USFs mais bem avaliadas, além de dois distritos sanitários que obtiveram as melhores notas.

Durante a entrega, que aconteceu no auditório da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, a animação e a expectativa para saber os resultados, estampadas nos rostos de cada um dos profissionais que cuidam da Atenção Básica da Capital refletiam a dedicação que eles tiveram ao longo de todo o ano de 2018, quando foi realizada, pelo segundo ano, a pesquisa junto aos usuários para fazer a nota do ISU. Com quase 24 mil entrevistas, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) pode aferir que a média geral obtida pelas USFs da Capital através do índice próprio criado pela atual gestão, foi de 8,5, superior à média do ano passado, que foi 8,3.

“Com este resultado que apresentamos hoje, podemos confirmar que é possível avançar na saúde pública fazendo um trabalho que é pensado de forma conjunta. Criamos o programa Gerente Saúde para termos um olhar diferenciado para a Atenção Básica, porque era necessário nos aproximar mais dos usuários. Hoje o programa está consolidado e a gente sente aqui o envolvimento, a alegria, a motivação destes profissionais por desempenhar suas funções e o prêmio é uma coroação ao bom trabalho deles e um estímulo para que este ano o trabalho seja ainda melhor”, afirmou o prefeito Luciano Cartaxo.

O desempenho dos profissionais foi medido pelo ISU 2018 a partir de pesquisas realizadas com a população após os atendimentos nas 200 Equipes de Saúde da Família distribuídas em 100 prédios da Capital paraibana. Ao longo do ano, pesquisadores visitaram as unidades e realizaram 23,9 mil entrevistas para saber a nota que os usuários davam após os atendimentos e a avaliação dos profissionais que lhes atenderam entre médicos, dentistas, enfermeiros, recepção, se a unidade tinha à disposição os remédios que foram receitados, se eles recebem as visitas dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) em suas casas, entre outros. A partir da coleta destes dados, são destacadas aquelas com as maiores notas que serão premiadas.

Os prêmios variam de R$ 400 a R$ 2.200 e o pagamento é feito inteiramente com recursos próprios da PMJP. Todos os membros das unidades premiadas são contemplados, como médicos, enfermeiros, gerentes, agentes de saúde e recepcionistas. “São 40 equipes premiadas, mas todas mereciam o prêmio pela dedicação que tiveram neste ano para a melhoria dos atendimentos na Atenção Básica. A gente vê ao longo do ano uma melhora significativa nas avaliações que os usuários fazem e isso é muito importante porque mostra que com este incentivo a mais, eles se tornam mais dedicados e a população é a principal beneficiada”, afirmou a secretária adjunta de Saúde, Ana Giovana.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.