API procura Governo do Estado para ter informações sobre novo modelo de veiculação de mídias digitais

O novo modelo de procedimento que será adotado pelo Governo do Estado para veiculação de mídias em veículos digitais foi apresentado pela Secretaria de Estado da Comunicação Institucional à Associação Paraibana de Imprensa (API), nesta quarta-feira (21).

A principal mudança na forma de Veiculação de Mídia Digital é a implementação de um modelo que já usado por todo o mercado, no qual o veículo de mídia digital será aferido pela sua entrega de mídia, impressões e acessos, utilizando-se da métrica CPM impressões de banner em portais e blogs (Custo por Mil Impressões).

“Neste novo modelo de trabalho ou processo, buscamos em Campanhas Governamentais a melhor entrega técnica possível, dando para o Governo um melhor resultado e mais transparência. Isso vai também contribuir muito para o mercado local, com mais organização e profissionalismo no trato entre Governo e o mercado digital”, comentou o secretário de Comunicação Institucional, Luís Tôrres.

Ele destacou ainda que essa iniciativa está em consonância com recomendação do Tribunal de Contas do Estado e garantiu que o processo assegura a completa democratização da relação do Governo com o mercado online.

Tôrres informou que outros entes públicos têm procurado a Secom do Estado para conhecer o modelo e adotar a mesma prática. “Importante essa regulação geral”, completou.

Participaram da reunião realizada no gabinete da Secom-PB os dirigentes da API: João Pinto (presidente), Cristiano Machado, Marcos Wéric, Joanildo Mendes, Edmilson Pereira, José Euflávio. O secretário executivo da Comunicação Institucional, Sebastião Lucena, também esteve presente, além de auxiliares.

O presidente da API, João Pinto, ressaltou a importância da Secom em apresentar o novo modelo ao mercado e garantiu que a API irá contribuir com o aperfeiçoamento das relações institucionais do Governo com os associados detentores de veículos do ambiente da Internet.

A API anunciou que fará um encontro para expor o tema a todo mercado, sem distinções de qualquer natureza. O secretário Luís Torres assegurou que a Secom estará presente.

“Parabenizamos a iniciativa da Secom e acreditamos que o mercado vai evoluir muito com este novo modelo”, disse João Pinto.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.