Festival Internacional de Música Clássica tem início com grande concerto no Adro da Igreja São Francisco

O olhar atento e as palmas de encantamento marcaram a noite deste domingo no Adro da Igreja São Francisco na abertura da sexta edição do Festival Internacional de Música Clássica, promovido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). A música erudita encontra palco e público mais uma vez na Capital Paraibana e, durante toda esta semana, de forma gratuita, o Centro Histórico recebe grandes artistas internacionais em concerto. A abertura contou com a Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa (OSMJP), no Adro da Igreja de São Francisco, regida pelo maestro Laércio Diniz e uma homenagem ao bandoneonista e compositor argentino Astor Piazzolla.

Na primeira fila do público que prestigiou o concerto de abertura, estava o principal responsável por tornar a música clássica uma tradição na Capital junto com sua equipe, o prefeito Luciano Cartaxo e a primeira-dama, Maísa Cartaxo. Para ele, mais do que oferecer um espaço para apresentar a música clássica, a Cidade Criativa da Unesco privilegia todas as formas de artes.

“Este é um evento consolidado, que caiu nas graças dos pessoenses e turistas, e que repercute não só na Paraíba e Brasil, mas no mundo inteiro. O Festival acontece no nosso Centro Histórico, valorizando nossas igrejas e o sucesso que foi a abertura se prolongará durante toda a semana, até o encerramento com o concerto na Lagoa no próximo sábado. É um momento importante para nossa cultura em um momento em que João Pessoa comemora o fato de ser uma cidade criativa, e a gente tem investido muito na criatividade do nosso povo, na nossa arte, na cultura popular, no artesanato e também na música”, disse Luciano.

O concerto foi aberto com o “Hino Nacional Brasileiro”, executado pela Orquestra Sinfônica Municipal. Em seguida começou o programa dedicado a Astor Piazzolla, com a participação de Marcelo Nisinman, que junto com a OSMJP tocaram “Hombre Tango”, seguida de “Oblivion”, de Astor Piazolla com arranjo de Nisinman, dentre outros tangos. A OSMJP contou com a participação especial do bandoneonista argentino Marcelo Nisinman, e a participação especial de um casal de bailarinos dançando tango.

Com vinte concertos, nove masterclasses, músicos de nove países, incluindo o Brasil, o 6º Festival Internacional de Música Clássica, realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope), oferece uma vasta programação, com quatro concertos diários nas igrejas do Centro Histórico (Mosteiro de São Bento e Primeira Igreja Batista, Igreja do Carmo e Igreja de São Francisco).

Horários – Além da participação de músicos da cidade e de outros estados do Brasil, João Pessoa vai receber nomes da Argentina, Espanha, Finlândia, Holanda, México, Rússia, Suíça e Ucrânia, que se apresentam a partir da segunda-feira (26), sempre no período da tarde, a partir das 14h30 (Mosteiro de São Bento), seguida de outras às 16h (Primeira Igreja Batista), 18h (Igreja do Carmo) e 20h (Igreja de São Francisco).

O diretor artístico do Festival, Alberto Johnson, afirmou que, realizado pelo sexto ano consecutivo, o evento busca trazer os melhores nomes e a qualidade de eventos internacionais. “Nos baseamos na qualidade e variedade dos artistas. No tributo a Piazzolla, convidamos o também bandoneonista Marcelo Nisinman para a abertura. Mas ao longo da semana, outros grandes nomes da música clássica passarão por aqui, como o finlandês Mark Gothoni, um dos grandes professores na Alemanha atualmente e o violista Mikhail Zemtsov, que se destaca como professor e músico em toda a Europa”, lembrou.

Escolas municipais – As escolas da Rede Municipal de Ensino estarão representadas no 6º Festival Internacional de Música Clássica. Mais de 900 alunos de cinco escolas municipais – Radegundis Feitosa, Dom José Maria Pires, João Santa Cruz, Oscar de Castro e José Américo de Almeida –, vão assistir aos concertos na Primeira Igreja Batista e no Mosteiro de São Bento a partir desta segunda-feira (26), sendo uma escola a cada dia.

O 6º Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa termina no dia 1º de dezembro, com um concerto da Orquestra Sinfônica Municipal no Parque da Lagoa. Na ocasião, a OSMJP será regida pelo maestro João Carlos Martins.

você pode gostar também Mais do autor