Time da Série A do Brasileirão quer mudar as cores, o escudo e nome do clube; saiba qual

Além de dizer que quer mudar as cores e o escudo do Atlético-PR, o presidente do conselho deliberativo do clube, Mario Celso Petraglia, foi mais longe e quer a mudança no nome do clube. Em entrevista à ESPN Brasil, ele disse que tem a intenção de retirar o “Atlético” para se diferenciar dos outos clubes com o mesmo nome.

– Clube Atlético tem vários: Mineiro, Boca Juniors, River Plate e nós, o Paranaense, disse.

Ainda conforme Petraglia, a intenção é que o time seja chamado apenas “Paranaense”. Segundo ele, a ideia é se assemelhar à forma como o clube é conhecido em outros países da América do Sul. O Atlético-PR costuma ser chamado de “El Paranaense”.

– O Atlético-MG se apossou do prenome, porque não gosta do ‘Mineiro’. Eu gostaria de que nos chamássemos ‘Paranaense’. É o meu nome, e é assim que somos conhecidos na América do Sul.

Na entrevista, o dirigente ainda deu uma pista de que a nova cor do Atlético-PR poderia ser vinho, uma fusão entre as atuais cores vermelho e preto.

– Não se esqueça de que vermelho mais preto dá cor de vinho, por exemplo, completou.

Petraglia já havia afirmado em outra entrevista que o projeto de alterações vem sendo realizado por uma empresa contratada e prometeu a divulgação das mudanças ainda para este ano.

– Está quase pronto. Mais uns dias e vamos lançar. Muda cor, muda tudo. Nós queremos uma identidade própria. Não queremos mais ser sombra, imitação e nem o olhar de outra instituição. Precisamos ter uma identidade própria – disse.

Você aprova as mudanças de identidade no Atlético-PR?

Apesar das intenções de Petraglia, o estatuto do Atlético-PR proíbe mudanças na cor do clube e uma alteração somente pode acontecer em caráter excepcional e para fins comemorativos ou mercadológicos. No documento não há menção à mudança do clube. O estatuto somente poderá ser modificado por resolução do conselho deliberativo e em reunião extraordinária.

A reportagem do GloboEsporte.com procurou o presidente administrativo do Atlético-PR, Luiz Sallim Emed, mas ele disse que não poderia atender. Petraglia também foi procurado, mas desligou o telefone após identificação da reportagem.

O que diz o estatuto

“O presente estatuto somente poderá ser reformado, no todo ou em parte, por resolução do Conselho Deliberativo em reunião extraordinária especialmente convocada para tal fim. A reunião será instalada em primeira convocação com a presença mínima de metade mais um dos membros do Conselho Deliberativo, e com qualquer número, em segunda convocação. Para aprovação das reforma, será necessário voto favorável de no mínimo 2/3 dos membros presentes”, consta no documento.

Segundo o item “Símbolo, distintivo e uniformes”, no parágrafo 3º (veja abaixo), “para a identificação do clube em competições esportivas, no uniforme dos atletas deverão constar, necessariamente, as cores vermelho e preto”. O Estatuto não se aprofunda sobre a questão do escudo.

Ainda no texto, o documento diz que “em caráter excepcional e para fins comemorativos ou mercadológicos, o uniforme poderá conter outras cores em substituição às cores tradicionais”. Globo Esporte.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.