Romero defende em reunião com a bancada no Congresso projetos de Campina Grande no Orçamento Geral da União

Pelo sexto ano consecutivo, o prefeito Romero Rodrigues participou, nesta terça-feira, 30, de mais uma reunião na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO) com os integrantes da bancada paraibana no Congresso Nacional. No espaço que teve para falar, Romero destacou sua missão de defender recursos no Orçamento Geral da União (OGU) para Campina Grande, em diversas áreas.

Da reunião, presidida pelo deputado federal Wilson Filho (PTB), Romero manteve contato com praticamente toda a bancada. Participaram do encontro nesta terça, também, o prefeito Luciano Cartaxo (PV), de João Pessoa; o governador eleito da Paraiba, João Azevêdo (PSB) e a vice-governadora Lígia Feliciano, além de deputados estaduais, além dos senadores Cássio Cunha Lima (PSDB), José Maranhão (PMDB) e Raimundo Lira (PMDB).

Em sua participação, Romero renovou seu agradecimento pelos reiterados gestos de solidariedade da bancada aos pleitos de Campina Grande e voltou a pedir que a cidade seja contemplada, no OGU 2019, com recursos para os projetos nas áreas de infraestrutura, saúde e educação. Em especial, o prefeito campinense ressaltou a importância de investimentos federais no projeto de Mobilidade Urbana de Campina, um dos primeiros do Brasil a ser entregue ao Ministério das Cidades.

Definições sobre emendas

No início da noite, a Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO) em parceria com o Ministério do Planejamento divulgou uma lista com obras prioritárias para receber recursos das emendas individuais e de bancada que os congressistas podem apresentar ao Orçamento de 2019.

Cada parlamentar tem direito a apresentar R$ 15 milhões em emendas individuais, sendo que a metade deve ser destinada à saúde. As bancadas estaduais e do DF têm direito a seis emendas no valor total de R$ 170 milhões, três delas devem ser destinadas às áreas sociais: saúde, educação e segurança pública. O prazo para a apresentação das emendas acaba nesta quinta-feira (1º).

você pode gostar também Mais do autor