Deputados aprovam PEC que proíbe antecipar eleição e a reeleição da Mesa na ALPB

Após três anos tramitando, os deputados estaduais da Paraíba colocaram em votação e aprovaram em primeiro e segundo turno a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) número 13 do ano de 2015. A matéria entrou em pauta na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) na sessão desta terça-feira (30).

A PEC, de autoria do deputado estadual Ricardo Barbosa, proíbe a antecipação de eleição da Mesa Diretora na Assembleia Legislativa da Paraíba. Além disso, também proíbe a recondução para o mesmo cargo dentro da mesma legislatura, vendando a reeleição.

Por se tratar de uma PEC, a matéria precisa ser votada em dois turnos. Para votar a PEC em segundo turno ainda na mesma sessão, foi aprovado requerimento pedindo a dispensa do interstício, a fim de encerrar a sessão e iniciar outra. O deputado João Bosco Carneiro, presidindo os trabalhos, explicou que o procedimento é regimental.

O ritual foi questionado pelo deputado Hervázio Bezerra, que votou contra a PEC em primeiro turno.

Antônio Mineral defendeu a PEC e lembrou que com a antecipação da eleição da Mesa, acabou não participando do processo eleitoral do comando da Casa, já que só assumiu cadeira na Assembleia no segundo biênio da legislatura.

Hervázio ainda pediu para a presidência citar nominalmente os deputados que votaram favoráveis à PEC.

Lindolfo Pires

Genival Matias

Adriano Galdino

Inácio Falcão

Tião Gomes

Zé Paulo

João Henrique

Raniery Paulino

Branco Mendes

Galego de Souza

João Gonçalves

Edmilson Soares

Anísio Maia

Camila Toscano

Bruno Cunha Lima

Tovar Correia Lima

Jullys Roberto

Doda de Tião

Janduhy Carneiro

Jutahy Meneses

Nabor Wanderley

Caio Roberto

Ricardo Barbosa

João Bosco Carneiro Junior

Trócolli Junior

Antônio Mineral

 

ClickPB

você pode gostar também Mais do autor