PMJP inicia construção do complexo educacional CEI em Mangabeira e entrega ampliação do Capsi Cirandar

Uma nova rotina de estudos e prática de atividades educativas, esportivas e de cultura e lazer irá beneficiar mais de três mil estudantes da rede municipal de ensino de João Pessoa matriculados em oito escolas do bairro de Mangabeira. Na manhã desta quarta-feira (3), o projeto do Centro de Educação Integral (CEI) foi apresentado pelo prefeito Luciano Cartaxo e já teve a ordem de serviço assinada para dar início aos trabalhos. O grande complexo educacional, orçado em R$ 15 milhões, vai oferecer o ensino em tempo integral em uma infraestrutura inédita na educação da Paraíba.

Para se ter ideia da grandiosidade do novo equipamento da educação das crianças e adolescentes da Capital, o CEI será dotado de salas de aula, laboratórios de ciências e informática, pavilhão multiuso, teatro, parque aquático, biblioteca, ginásio poliesportivo e campo society, refeitório, cozinha industrial, horta comunitária, área de atividades lúdicas, playground e Academia da Terceira Idade (ATI), além de um bloco administrativo. O CEI será construído entre as ruas José Marcone Ramos da Silva e Irene Maria de Lira, no Cidade Verde.

“Esse é um momento muito especial, pois, após todo o investimento que realizamos nas creches e nas escolas da Capital, estamos dando um passo adiante com este grande complexo pensado pela nossa gestão para ampliar ainda mais o ensino em tempo integral. Este projeto é muito importante dentro da nossa política de transformação da cidade, que não se faz só com obras, mas principalmente através da educação”, afirmou Luciano Cartaxo.

De acordo com a secretária de Educação, Edilma Freire, o CEI estará oferecendo, diariamente e simultaneamente, 30 oficinas nas mais diversas áreas aos alunos matriculados nas escolas da rede municipal em Mangabeira. As atividades acontecerão no turno oposto às aulas dos alunos, ou seja, pela manhã o aluno assiste aula regular na unidade de ensino de origem e, à tarde ou à noite, vai para o CEI, onde participará das oficinas. Já quem estuda no período da tarde na escola de origem, frequentará o CEI no turno da manhã ou à noite.

Capsi Cirandar – Após autorizar o início das obras do CEI, o prefeito entregou, no bairro do Roger, a reforma e ampliação do Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil (Capsi) Cirandar. Localizado na Avenida Gouveia Nóbrega, o Capsi recebeu obras orçadas em R$ 205,4 mil, e ganhou nova pintura nas paredes externas e internas, melhoria nas instalações na parte estrutural, renovação dos sistemas hidráulico e elétrico, urbanização e jardinagem. Além disso, as salas foram climatizadas e os banheiros foram adaptados para o uso de pessoas com deficiência.

O Caps Infantojuvenil Cirandar atende todo o município de João Pessoa, sendo referência para crianças e adolescentes com transtorno mental severo ou persistente, autismo, e usuários que fazem uso de álcool e outras drogas. Atualmente, 480 crianças e adolescentes, a partir dos três anos de idade completos até 18 incompletos, são acolhidos pelo serviço, que oferece assistência individualizada com psiquiatras especialistas, psicologia, terapia ocupacional, grupos terapêuticos com uma equipe multiprofissional e grupos terapêuticos familiares.

“Temos trabalhado uma perspectiva de humanizar e qualificar cada vez mais serviços, de forma que ofereça atendimento digno e qualificado para os usuários, familiares e profissionais”, disse Adalberto Fulgêncio, secretário municipal de Saúde. “Nossos investimentos e esforços são para aproximar o usuário cada vez mais do serviço e intensificar a assistência de forma preventiva, promovendo a saúde e o cuidado primário”, completou.

você pode gostar também Mais do autor