Romero repudia publicação de matéria em site e decide processar veículo de comunicação por “jornalismo mau caráter e inconsequente”

O prefeito Romero Rodrigues anunciou, na noite desta sexta-feira 29, sua decisão de processar judicialmente o site “Se Liga PB”, que veiculou uma suposta “denúncia”, dando conta de que estaria havendo tráfico de influência de seu irmão, Moacir Rodrigues, candidato a deputado estadual pelo PSL, no processo de liberação das escrituras das casas do Complexo Aluizio Campos.

–  Trata-se de uma matéria canalha, sem qualquer suporte de verdade e que tem o objetivo claro de tentar difamar a imagem da gestão e de meu irmão, que no momento disputa vaga na Assembleia Legislativa – reagiu Romero Rodrigues, destacando a “pura ficção travestida de matéria jornalística” que, por total desrespeito à verdade, será alvo de ação judicial por crime de calúnia e difamação, pela prática de um “jornalismo mau caráter e inconsequente”.

Lembrando que o processo de seleção das famílias do Complexo Aluízio Campos tornou-se uma referência nacional pelo elevado nível de transparência, a partir de um sorteio acompanhado pelo Ministério Público Federal, pela Polícia Federal, transmitidos ao vivo pela Internet e executado com base em um programa de computador desenvovolvido pela Univerdade Federal de Campina Grande (UFCG), Romero Rodrigues diz não ter dúvidas de que a Justiça dará uma dura lição aos responsáveis pelo site “Se Liga PB”, pela prática contumaz de crime contra dignidade das pessoas.

Para Romero, ao colocar em xeque a seriedade e compromisso com a transparência no processo de seleção do Aluizio Campos, o citado site afronta também as instituições envolvidas. “Esse tipo de irresponsabilidade, claramente a serviço de interesses políticos que já temos conhecimento, em nada contribui para a democraticação da informação. “Quem abusa da liberdade de expressão tem um encontro com a lei”, reforça o prefeito campinense.

você pode gostar também Mais do autor