Procon de Campina Grande conclui operação com 33 postos de combustíveis autuados

O Procon de Campina Grande concluiu na manhã desta quarta-feira, 5, a operação Força Tarefa nos postos de combustíveis da cidade. Dos 55 postos visitados, 33 foram autuados e devem ser multados pelo órgão por diversas atividades que vão contra aos direitos do consumidor. Entre os vários problemas observados na operação, que teve início na manhã da última segunda-feira, 3, estão o reajuste indevido dos preços dos combustíveis, falta de sinalização ou placas com informações incorretas e lojas de conveniência com produtos vencidos.

Sobre os preços indevidos, os fiscais autuaram 9 postos por não apresentarem notas fiscais de compra do produto às distribuidoras que justificassem os reajustes.

Rivaldo Rodrigues, coordenador executivo do Procon, explica que a etapa de visitas da Força Tarefa terminou, mas continua a próxima fase que é seguir adiante com os procedimentos administrativos necessários.

“A primeira fase da operação foi bem sucedida e agora seguiremos com os próximos passos que são internos ao órgão, como fazer uma nova análise jurídica de cada caso, notificar os estabelecimentos, análise da defesa e aplicação das multas. E mesmo que tenhamos concluído a etapa de campo da operação, o Procon continua acompanhando a movimentação dos postos de combustível da cidade e atento as denúncias que chegam, sobretudo do reajuste indevido no preço dos produtos”, destaca Rivaldo Rodrigues.

Caso o consumidor se depare com reajuste abusivo, ou falta de informações claras nos postos, deve entrar em contato imediatamente com o Procon de Campina Grande por meio dos telefones 151 ou 83 98802-5525, no aplicativo para celular Procon CG Móvel ou por e-mailcontato@procon.campinagrande.pb.gov.br.

você pode gostar também Mais do autor