Debate: João diz que vai criar programa de 1° emprego para alunos das escolas técnicas estaduais

O candidato do PSB ao Governo da Paraíba, João Azevêdo, anunciou, durante debate promovido na noite desta segunda-feira (13) pela TV Arapuan, que irá criar o programa de 1º emprego para alunos das escolas técnicas estaduais. Ele ressaltou que na Paraíba, existem 45 escolas técnicas cidadãs implantadas pela gestão do PSB, das quais 12 são novas, que oferecem formação técnica para mais de 24 mil jovens paraibanos.

João frisou que a política de educação desenvolvida pelo atual governo, o qual representa, elevou de 1.200 para 24 mil, em sete anos, o índice alunos no ensino técnico.  “Este é o governo que fez com que o filho do pobre, que estuda em escola pública, pudesse fazer intercâmbio em vários países. Essa qualificação é o que vamos continuar fazendo com a ampliação da quantidade de alunos em escolas técnicas e mais jovens fazendo intercâmbio”, declarou.

O candidato do PSB explicou que o programa de 1º emprego será realizado em regime de cooperação com empresas privadas e a própria estrutura do Estado, para atender, de início, aos alunos que estiverem saindo das escolas técnicas estaduais. “É assim que vamos dar oportunidades a nossos jovens. Acredito que a educação é a mãe de todas as políticas, é ela que permite dar aos jovens ‘asas’ para buscarem seus sonhos. É na educação que vamos continuar mudando a vida de muita gente”, afirmou.

João também comemorou os resultados alcançados pelo governo do PSB na educação pública graças aos investimentos, como por exemplo, a aprovação de mais de 2 mil alunos paraibanos no Enem do ano passado, dos quais 78 obtendo as primeiras colocações em cursos muito disputados, como Medicina.

Segurança contará com Centros de Monitoramento

Na área da segurança pública, João garantiu a criação de Centros de Monitoramentos em João Pessoa, Campina Grande e Patos.  De acordo com ele, os equipamentos desempenharão atividades tático-operacionais de inteligência e monitoramento, reforçando a segurança nas regiões.

João também destacou os resultados positivos revelados pelo Atlas da Violência, que demonstram os avanços obtidos na redução do número de homicídios na Paraíba. “Quando assumimos o governo em 2011, não encontramos sequer munições e viaturas adequadas para que a Polícia prestasse serviço à população. Esse foi um tempo que ficou para trás. Neste governo, adquirimos os equipamentos necessários para que os policiais possam prestar serviço com coletes, armamentos modernos e viaturas novas, dotadas de avançado sistema de comunicação”, lembrou.

O candidato socialista lembrou ainda que nos últimos seis anos, o único Estado que reduziu sistematicamente o número de assassinatos no Brasil foi a Paraíba. “Inclusive, em 2017, a Paraíba foi o que mais reduziu os homicídios contra os jovens. A Paraíba é o quarto estado brasileiro que mais investe em segurança no país. Agora, os problemas existem e vamos ampliar as ações, porque toda política pública precisa de aprimoramentos, com mais investimentos em tecnologia e criação de Centros de Monitoramento, pois, segurança se faz com homens na rua, com inteligência e preparação da mão de obra”, completou João.

você pode gostar também Mais do autor