Ruy diz que Nota divulgada por Ricardo Coutinho desrespeita a UEPB e seus alunos

A decisão da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) em adiar para 2019 o início das aulas de 3.077 novos alunos não sensibilizou o Governo do Estado. Na avaliação de Ruy Carneiro, em vez de chamar os gestores da instituição para encontrar saídas por meio do diálogo, o Governo preferiu enviar uma nota agressiva, que deixa clara a perseguição política à instituição de ensino público.

“É responsabilidade do Governo do Estado procurar uma solução para esta situação dramática. Não é de hoje que a UEPB tem alertado para a queda sucessiva de repasse de recursos, o que afeta seu funcionamento”, afirma Ruy.

Para Ruy, a nota enviada à imprensa pela Secretaria de Comunicação do Estado é desproporcional e desrespeita a instituição, os professores, e alunos. “Agredir não vai resolver a situação dos milhares de estudantes que ficaram sem aulas”, conclui.

você pode gostar também Mais do autor