Diretor da FAP em CG, acusa Romero e secretária de saúde de cometerem genocídio

Ouvintes de pelo menos 100 municípios paraibanos e gente de todo o mundo, através da internet, ouviram a entrevista concedida pelo Diretor do Hospital da FAP, Helder Medeiros, à Rádio Portal 101.1  na manhã desta quinta-feira (10). Durante a conversa com os radialistas Morib Macedo e Romildo Nascimento, no programa  “Jornal da 101.1”, o diretor da FAP afirma que o prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSDB) e a secretária de Saúde, Lúzia Pinto estariam praticando genocídio no município.

Ao apresentar melhorias no atendimento da FAP, entre outros tantos, Helder Medeiros surpreendeu a todos os ouvintes com a sua afirmação que, o prefeito e a secretária de saúde estão cometendo genocídio na terra da Rainha da Borborema. Certamente as declarações do Diretor da Fap, não ingeriu muito bem aos olhos do grupo político do prefeito Romero Rodrigues (PSDB).

“Prezamos fazer isto que estamos fazendo aqui na Rádio Portal 101.1, o diálogo franco, claro e sincero, mostrando as dificuldades e as soluções, mostrando as possibilidade, isso se chama transparência. Nós procuramos estar muito próximo das pessoas, conversando sempre, prestando contas, que é essencial para manter este vínculo entre a população e o Hospital da FAP ”, pontuou Helder. Fonte Portal Paraíba em Ação.

você pode gostar também Mais do autor